Alô, Chics!

Oscar de la Renta: um link com a alta-costura

Alô, Chics!

Morreu Oscar de la Renta e com ele o único link que a moda americana tinha com a alta-costura.

Como se sabe, Oscar saiu ainda muito jovem da República Dominicana onde nasceu, para estudar em Madri. Acabou trabalhando com Balenciaga com quem aprendeu a ver a moda do ponto de vista da alta costura, suas técnicas e suas exigências.

Esse aprendizado, Oscar levou para sua vida e para sua marca quando instalou-se definitivamente em Nova York. Nenhuma outra grife ou nenhum outro estilista americano tem este conhecimento; são todos ligados à indústria e ao prêt-à-porter.

Vamos ver que rumo a empresa vai tomar agora que ele se foi.

+ RELEMBRE MAIS SOBRE A CARREIRA DE OSCAR DE LA  RENTA

Gloria Kalil

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Como vai ser o inverno de 2015?

Para marcar suas preferências e apontar suas apostas, a revista Elle promoveu um lindo desfile no terraço do Shopping JK. O lugar não pode ser mais bonito: um grande salão envidraçado com a cidade de São Paulo iluminada ao fundo; neste cenário a equipe de moda da Elle mostrou 6 looks de 10 das nossas principais marcas que, na opinião da revista, serão os pontos alto do inverno do ano que vem.

Ellus, Reinaldo Lourenço, Osklen e Eduardo Pombal na Tufi Duek optaram pelo preto, Giuliana Romanno pelo azul marinho; Patricia Viera, além do preto, entrou nos cinzas escuros enquanto Vitorino Campos misturou preto ao azul e ao verde e Andrea Marques veio de estampados com tons de rosa. Coven e Alexandre Herchcovitch entraram com cores. Pela amostra, teremos um inverno bonito e variado.

Pontos altos:

1. Os pretos da Ellus realçados pelo brilho do verniz



2. O trabalho de renda sobre a lã de Vitorino Campos



3. A mistura de materiais de Giuliana Romanno



4. O macacão iluminado por cristais de Reinaldo Lourenço



5. A costura cruzada de Eduardo Pombal para a Tufi Duek



6. A graça total da modelagem, das cores e dos motivos indígenas da Coven



7. O show de moulage no látex usados pelas mais lindas modelos do Brasil de Alexandre Herchcovitch



8. As estampas de Andrea Marques



9. O couro rendado de Patricia Vieira



10. O esporte luxuoso da Osklen

 

VEJA OS DESFILES

. Alexandre Herchcovitch
. Andrea Marques
Coven
. Ellus
. Giuliana Romanno
. Patricia Viera
. Osklen
Reinaldo Lourenço
. Tufi Duek
. Vitorino Campos

 

 

Gloria Kalil

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Musas do Verão

Já que não tivemos inverno, já comecei a fazer a lista das minhas Musas do Verão em plena Primavera.

Vai ser difícil bater as minhas duas primeiras eleitas: as gostosésimas atemoia e kiwi dourado. Conhecem? São frutas; daquelas que até pouco tempo atrás não se achava com facilidade, nem em feiras nem em supermercados.

A atemoia (à esquerda, na foto) é da família da pinha, da graviola, e é uma cucaracha, pois tem origem na América Latina, enquanto que o kiwi dourado é uma invenção, um híbrido criado na Nova Zelândia.

Pois para mim eles parecem ter sido inventadas no céu, tão boas que são. Nada se iguala à massa cremosa e exótica de uma atemoia que pode ser comida com colher quando está madura. Chega a arranhar a garganta, tão doce que é, apesar do acidinho que tempera e equilibra o sabor.

Quando for experimentar o seu kiwi dourado, deixe que ele fique bem macio antes de comer; quanto mais, melhor. Eu costumo colocar as duas na geladeira por meia hora antes de servir -o sabor fica ainda mais refinado. Experimentem e depois me digam se existem musas mais gostosas do que estas?

Beijos,

Gloria Kalil

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Noiva abusada

Alô, Chics!

Está rolando na Internet o post de uma noiva sem noção que reclama dos padrinhos que não deram o presente que ela queria. Poucas vezes vi uma reclamação tão descabida e grosseira. Para quem não leu:



E desde quando se escolhe padrinho condicionando o convite a uma contribuição financeira? O casamento para essa noiva é uma transação comercial cujos participantes, os padrinhos, devem responder por uma cota que ajude na produção da festa (“sabe quanto custa um casamento?” pergunta a noiva no seu post/ reclamação).

Pois saiba você, noiva desatinada, que se você inventou de fazer um casamento caríssimo o problema (assim como as despesas) é seu e ninguém tem nada com isso. Casamento não é um show que os convidados pagam para assistir, nem os padrinhos têm que participar do rateio dos custos da festa.

Convidar alguém para ser padrinho de um casamento é uma prova de consideração e afeto que não tem nada a ver com o valor do presente que, eventualmente, eles possam querer dar. Estipular o gasto com o presente então é de uma grosseria rara. Tome tento, noiva sem noção! Se o seu noivo, como você diz, ficar bravo com sua reclamação via Facebook, saiba que ele terá toda razão!

Beijos,

Gloria Kalil

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

O novo grupo de moda vem de Minas

Alô, Chics!

Depois da Inbrands, da Restoque, da AMC e alguns outros, um novo grupo se formou sem grandes anúncios ou alardes. Quietinhos, como bons mineiros, Patricia Bonaldi e o marido Luis Morais, proprietários das marcas Patricia Bonaldi e PatBô, surpreenderam o mundo da moda ao anunciar a compra das marcas Apartamento 03, de Luis Claudio Silva e, há pouquíssimos dias, de Lucas Magalhães, ambos mineiros. Com essas duas aquisições foi criado o grupo Nohda que chega ao mercado cheio de energia e de ideias novas.

Patricia e Luis são casados há 15 anos e há 15 anos trabalham juntos. Depois de construir o sucesso das duas marcas que levam o nome de Patricia, perceberam que para crescer, sem que a moda dessas duas marcas se espalhasse demais e perdesse o interesse que a escassez provoca, teriam que formar um grupo e expandir na horizontal, agregando ao seu portfólio outras marcas que tivessem a mesma proposta de criatividade, sofisticação e qualidade.

O estande deles no Minas Trend já traz o nome das quatro marcas na parede. Foi lá que nos encontramos com Luis Morais para uma conversa. Ele é jovem, sorridente e fala macio. Está muito contente com o rumo que os negócios estão tomando e não descarta a possibilidade de comprar outras marcas para fazer parte da família: “Não temos nada em vista no momento, mas o tempo e o mercado poderão fazer com que a gente avance nessa direção”. Ao mesmo tempo que sacodem o mercado brasileiro Luis e Patricia estão também abrindo caminhos fora do país. Sabem que têm o mundo pela frente e não pretendem parar por aqui. São empresários modernos e corajosos com energia para enfrentar os desafios e os encantamentos que a moda pode oferecer. Estamos torcendo para que tenham muito sucesso.

Boa sorte para eles!

Gloria Kalil

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

É muita festa no Minas Trend (e no Brasil)

Alô, Chics!

Minas Gerais tem 3 grandes especialidades: o tricô, o handmade e a festa. Malharias superindustrializadas convivem com peças feitas à mão numa harmonia bem mineira.

Mas é na festa e seus inacreditáveis bordados que a mão de obra artesanal local aparece e brilha. E como brilha!

São muitos os corredores do Minas Trend dedicados às roupas de festa, onde a grande maioria dos estandes é de marcas locais. E mineiro não brinca em serviço; eles levam a festa à sério e não têm o menor pudor em carregar na mão, tipo quanto mais bordado melhor. São quilômetros de araras de vestidos de tule ou de renda, em sua maioria nude ou todos os tons de rosa, cobertos de cristais, pedras coloridas ou pérolas.

+ VEJA DE PERTO OS BORDADOS QUE APARECERAM NA PASSARELA DO MINAS TREND

E tem tanta festa assim acontecendo pelo país a fora? Deve ter, porque os compradores lotam algumas das marcas a ponto de fazer fila. A gente esquece do tamanho do país e da quantidade de casamento e formatura que acontece o tempo todo.

Somos, sim, um país festeiro!

Gloria Kalil

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

»Notícias Anteriores