Alô, Chics!

As tendências de inverno 2016 segundo o Minas Trend

Alô, Chics!

Tarefa quase impossível fazer uma lista de tendências para o inverno 2016 depois de ter visto todos os desfiles do Minas Trend e de ter olhado os 250 estandes de vendas de roupas, bijus, sapatos e bolsas do salão de negócios que acontece paralelamente. São muitas as propostas de moda, o que favorece muito o estilo pessoal de cada um mas dificulta fenomenalmente a vida de uma jornalista que gostaria muito de poder fazer a tradicional lista dos musts da estação. Mas vou tentar!

Bijus: brincos enormes, braceletes enormes, colares enormes, coleiras (a única novidade pra valer).

Sapatos e bolsas: clutches continuam a ser usadas, principalmente para acompanhar roupas da noite; bolsas menores, estruturadas em formato de caixinha; sacos de tamanho médio, mochilas, bolsas divertidas em forma de cantis, porta-binóculos ou com desenhos de boca ou corações.

Roupas: aqui a oferta é tão grande que praticamente todos os comprimentos e formatos continuam em oferta. Valem as saias micro, mini, pelo joelho, mídi e longas; valem as calças justas e as largas; valem praticamente todas as cores. Vamos organizar uma lista dos maiores agrupamentos para dar alguma direção a quem quiser se inteirar da estação.

1. Os brancos - roupas brancas em look total apareceram em várias marcas, inclusive dando o tom do desfile de abertura do Minas Trend.

2. Festa - a festa mineira se leva muito a sério e oferece uma grande variedade de roupas bordadas, um artesanato local extremamente bem sucedido. Mas a festa não se limita a eles: temos também os estampados, os de rendas, os feitos em belos jacquards de seda tanto para os longos como para os curtos.

3. O tema geométrico - apareceu nos tricôs e nos estampados na forma de listras misturadas a grandes blocos de cores.

4. Camurça - falsa ou verdadeira, teve presença em muitas coleções (especialmente nos tons naturais como os beges e os camelo).

5. Nude ou Blush - não é novidade nas roupas de festa, mas é uma cor nova para as roupas mais esportivas assim como para os acessórios.

6.
Além do mais viu-se muita franja (ainda), muita jaqueta bomber (inclusive para a noite), calças flare, saias em pontas assimétricas, coletões, plissados. Nas estampas: florais, geométricos, bolinhas. Para desgosto dos ambientalistas, peles tiveram presença marcante nas araras de muitas marcas. Nas cores, o bordô permanece e o azul, em todas as suas nuances, continua marcando presença firme.

Gloria Kalil

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail