Beleza

Como aproveitar o verão na piscina sem agredir a pele ou os cabelos com o cloro

Com a alta da temperatura, os esportes aquáticos, como natação, polo e hidroginástica, ou mesmo um mergulho na piscina para se refrescar, tendem a ficar mais populares.

Quem nada com frequência sabe que apesar dos benefícios do esporte, enfrentar a piscina com cloro não é brincadeira, já que ele "remove a oleosidade natural da pele e dos cabelos, deixando-os ressecados e fragilizados", como explica o doutor Marcelo Bellini.

Segundo o dermatologista, as piscinas têm em sua composição, para tratamento, cloro ou ozônio - que é menos agressivo. Além do cloro, a cloramina, que é a combinação do cloro com o suor, compostos químicos dos cabelos, resquícios de cremes e protetores solares e substâncias corporais presentes na água também são irritativos.

Para aproveitar a piscina sem preocupações, elaboramos um guia para quem deseja praticar atividades na água, ou mesmo se refrescar, sem agredir tanto a pele ou os cabelos. Veja abaixo.

ANTES DE ENTRAR NA ÁGUA



PELE: “O ideal seria aplicar hidratantes ou óleos corporais que selem a pele para reduzir a irritação causada pelo cloro", sugere.

CABELO: "O leave-in é uma ótima escolha, principalmente os que contém blend de silicones, pois proporcionam um efeito de blindagem nos fios."

SOBRE A TOUCA

"A touca ajuda muito a proteger os cabelos, principalmente as que são de borracha ou de silicone. Já as toucas de náilon ou de láicra são mais permeáveis e funcionam menos".

Ainda assim, na hora de vestir ou retirar podem fragilizar os fios. Para evitar que isso aconteça, o dermatologista recomenda aplicar um leave-in antes, que facilita o deslizamento. "Ele pode ser aplicado em uma fina camada dentro da touca para reduzir o atrito. Além disso, se tiver cabelos compridos, deve-se fazer a famosa touca com os fios, enrolando-os para reduzir o volume", sugere.

PROTETOR SOLAR



"O protetor solar é fundamental nas piscinas externas. Existem várias marcas resistentes à água. Em geral duram de 30 a 40 minutos e depois devem ser reaplicados. Existe também leave-in com filtro solar na composição para proteger os fios da radiação solar", alerta.
 
E O CHEIRO DE CLORO QUE PARECE NÃO SAIR DO CORPO?

"O cloro, principalmente a cloramina (aquela mistura de cloro e suor), impregna na pele e cabelos. O ideal é utilizar os géis de banho ou óleos de banhos."

APÓS SAIR DA PISCINA



"O ideal após a natação é tomar banho assim que possível, para diminuir o depósito do cloro e cloramina sobre a pele e nos cabelos. Para o corpo, o uso de hidratantes, como citamos acima e para os cabelos condicionadores, leave-in e utilizar uma vez por semana máscaras de hidratação capilar."
 
SABONETE

"Opte por sabonete líquido hidratante ou óleo gel de ducha, que ajudam a recuperar a oleosidade da pele, e evite sabonetes antissépticos."

CABELOS



"Deixe a água do chuveiro morna cair antes de aplicar o xampu. Isso ajuda a remover a primeira quantidade de cloro. Depois opte por xampu hidratante e evite as opções dois-em-um."

PISCINA AQUECIDA

"A água quente promove maior dilatação dos vasos sanguíneos na superfície de pele, além da transpiração, portanto é fundamental beber muito líquido antes e após", alerta.

PELES SENSÍVEIS E ALÉRGICAS



"Pessoas alérgicas devem optar por formulações de loções, xampus e cremes que contenham pH 5 em sua formulação e que sejam indicados como hipoalergênicos."

(TEXTO: MIRELLA MENTONE0

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail