Beleza

De Xica da Silva a "Beyoncé brasileira", veja a evolução da beleza de Taís Araújo ao longo da carreira

Podem falar o que quiser, mas Taís Araújo é uma de divas brasileiras mais representativas. A atriz, que completa 37 anos em 25 de novembro, está mais bela do que nunca na pele de Michele no seriado Mister Brau. Com visual étnico e cabelos de dar inveja, Taís vem arrancando elogios do público e imprensa com a personagem.

+ TAÍS ARAÚJO REVELA SEGREDOS DE BELEZA QUE APRENDEU COM O PEDIATRA DOS FILHOS

Isso rendeu até o título de "Beyoncé brasileira" do jornal inglês The Guardian, que comparou Taís e o marido Lázaro Ramos ao casal mais poderoso da indústria da música, Jay-Z e Beyoncé. E quem vê a bela brilhando nas telas poucas vezes se lembra o quanto ela mudou ao longo da carreira.

+ TAÍS ARAÚJO APARECE COM OS CABELOS RUIVOS PARA PERSONAGEM

Reunimos seus principais momentos para te mostrar a evolução da beleza de Taís Araújo.

1995

Tudo começou na extinta TV Manchete, onde Taís estreou aos 17 na novela Tocaia Grande. Por se passar no sul da Bahia tendo como cenário a plantação de cacau, Bernadete, personagem de Taís, exibia visual natural com cabelos longos e volumosos e vestidinhos leves e estampados.

1996

Seu sucesso veio mesmo quando foi protagonista da novela Xica da Silva, também na Manchete. Taís foi a primeira negra à frente de uma novela na história da TV brasileira, encarnando a escrava que virou rainha no século 18. A sensualidade marcava a personagem, que mostrou novamente a naturalidade na beleza.

1997

Depois do sucesso de Xica, Taís foi direto para a TV Globo, já maior de idade. Seu primeiro papel na emissora foi como Vivian, no remake de Anjo Mau. Pouca maquiagem e cabelos presos marcavam a figura da atriz na época.

1998

Como Edivânia, em Meu Bem Querer, Taís alisou os cabelos e cortou franja.

2001

Na novela Porto dos Milagres, ela viveu Selminha, uma das meninas do bordel de Rosa Palmeirão. Ela exibiu as curvas em shortinhos e saias curtas usados com tops e os cabelos aparecem trançados e cheios de miçangas.

2004

Em A Cor do Pecado, sua primeira protagonista na Glboo. A novela explorava o preconceito nas relações interraciais e Taís vivia par romântico com Reynaldo Gianecchini. Preta era humilde e gostava de usar modelos coloridos e estampados, sinalizando a terra natal da personagem, São Luís do Maranhão. 

2006


Visual glamouroso e cabelos esvoaçantes para viver a trambiqueira Ellen dos Santos em Cobras & Lagartos - em que fez par romântico com o atual marido Lázaro Ramos. Taís chegou a ficar careca em uma das cenas, tudo graças à equipe de caracterização da novela.

2008



Rica e fashionista, Alícia era filha de político em A Favorita. Para a personagem, Taís exibia cabelos superlisos e com franja.

2009

Como Helena de Viver a Vida, Taís vivia uma modelo de sucesso que decide largar a carreira para se casar com um empresário. Apesar das críticas negativas em relação à personagem, Taís estava lindíssima na pele da protagonista com seus cabelos cacheados e naturais.

2012

Depois de uma temporada interpretando mulheres ricas, Taís volta à humildade na pele da doméstica Maria da Penha, em Cheias de Charme, que por um golpe de sorte se torna famosa com as Empreguetes. Os cachos retornam e, a partir daí, dificilmente a atriz aparece sem eles.

2014

Para viver a jornalista Verônica em Geração Brasil, Taís investiu no ruivo e em corte curtinho.

2015

Arrasando como Michele em Mister Brau, Taís desfila looks de dar inveja - os cabelos são o ponto alto no visual da personagem. Michele é modelo internacional e dançarina do cantor (e marido) Mister Brau, vivido por Lázaro Ramos, o que justifica todo seu glamour. O belo corpo era uma exigência e Taís revelou na coletiva da série que o resultado de suas curvas se deve a muito spinning.

Os cabelos contam com a ajudinha de perucas, alongamentos e enchimentos e segundo o site GShow, para conquistar o efeito do cabelo de Michele pode-se gastar até R$ 10mil.