Beleza

DEPILAÇÃO X LÂMINA: dermatologistas avaliam prós e contras e sugerem o melhor método para as axilas

Depilar ou raspar, qual o melhor método para as axilas? Nenhum dos dois! Segundo as dermatologistas Karla Assed e Carla Vidal, melhor é atacar os pelos de forma mais duradoura. "O laser é o método mais seguro de depilar a axila, já que a depilação e a lâmina podem alterar a estrutura dos pelos, que passam a nascer para dentro da pele e acabam encravando", explica Karla Assed.

Segundo Carla Vidal, o laser é mais recomendado que a fotodepilação, que utiliza uma luz intensa pulsada de energia baixa e pode não ser tão eficaz nas axilas. A vantagem desses tratamentos é que eles agem diretamente no nascimento do pelo, impedindo que ele cresça, e a durabilidade - ao contrário dos tradicionais, neles o pelo pode demorar pelo menos seis meses até voltar a crescer.

Mas para quem não pensa em adotar estes métodos 'definitivo' (e mais caros), as doutoras ajudam a pesar vantagens e desvantagens.

. A lâmina é mais rápida e prática, boa para se fazer sozinha em casa. Mas "pode causar inflamação local e manchas", alerta Carla Vidal, mesmo que este método irrite menos a pele que a cera.

. Já a depilação com cera deixa as axilas mais limpas, ajudando a diminuir o odor causado pelas bactérias - e o pelo demora a crescer, em relação à velha gilete. Mas assim como raspar, a cera também pode causar foliculite e hipercromia da axila. A cera mais indicada é a de mel, que ajuda a hidratar a pele.

 

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail