Beleza

Quem nunca? 10 vezes em que você resolveu inventar na beleza e o resultado não saiu exatamente como esperado

Quem nunca se decepcionou ou pagou um carão por inventar moda na hora de se embelezar que atire o primeiro blush. Listamos os erros mais comuns que toda mulher vaidosa deve entender.

1. Quando falta cinco minutos para um compromisso e você decide que fazer um 'gatinho rápido' seria uma boa ideia.

Resultado: perde um tempão tentando deixar os dois lados iguais e acaba saindo de casa com cada um de um jeito, afinal, não teve tempo. 

2. Ou quando aproveita uma ocasião especial para testar pela primeira vez aquele batom de alta duração que comprou.

Resultado: ele começa a se desfazer no meio do evento e o que sobrou dele nos lábios parece irremovível.

3. Saindo para a festa você resolve apostar no wet hair.

Resultado: exagera no gel e acaba tendo é que voltar para o chuveiro.

4. Quando se sente abatida e tenta resolver com um pouco mais de blush.

Resultado: precisa falar?

5. Ou faz bronzeamento a jato para ficar bem lindona na formatura.


Resultado: passa o dia esfoliando a pele para ver se consegue tirar um pouco do aspecto alaranjado antes da festa.

 6. Quem nunca se cansou do próprio visual e resolveu cortar a franja em casa?

Resultado: descobre que não sabe cortar o cabelo e que a franja da Alexa Chung não fica assim tão boa em você.

7. Copia a técnica de contorno da Kim Kardashian em um ambiente de pouca luz.

Resultado: "O que será que eu fiz de errado? Nela parece tão bom."

8. Quando acha que está arrasando com a base nova até sair no sol.

Resultado: "Amiga, acho que esse tom ficou escuro pra mim." "O meu também, amigues."

9. Abusa do pó translúcido e só descobre quando vê o álbum de fotos do casamento da sua amiga.

Resultado: saiu parecendo um panda invertido nas fotos.

10. Pinta as unhas logo antes de sair de casa.

Resultado: depois de amassar o esmalte na hora de pegar a chave, a bolsa e fechar a porta, tem que ficar um tempo com a mão para cima para não encostar em nada.
 
(TEXTO: MIRELLA MENTONE)