Beleza

Saiba como as águas termais e as brumas podem refrescar o calor e ainda manter a pele hidratada

Quem procura uma alternativa para se refrescar nos dias quentes pode adotar a água termal ou a bruma facial como uma opção para aliviar o calor e ainda manter a pele hidratada.

Mas afinal, qual a diferença entre os dois produtos? Segundo a gerente de formação da Kiehl’s, Beth Faria, o que muda são os ativos presentes nas fórmulas. "A água termal tem origem na fonte. Trata-se de água, enriquecida com minerais, de origem termal. Já a bruma possui uma funcionalidade ainda maior em hidratação e ativos anti-idade por conter óleos essenciais na sua fórmula."

Tanto a água termal quanto a bruma podem ser usadas quantas vezes achar necessário e trazem outros benefícios além da hidratação. “Elas são ricas em minerais e óleos que funcionam como calmantes para a pele e têm função anti-inflamatória.”, conta a dermatologista Carla Vidal.

Apesar dos dois produtos terem as mesmas funções, eles se adequam a diferentes necessidades. “Se a pessoa quer acalmar a pele e se refrescar, recomenda-se o uso de uma água termal. Já se a pessoa quer maior hidratação, e em alguns casos combater os radicais livres, ela pode optar por uma bruma.”, explica Beth.

Sem borrar a maquiagem


Os dois produtos ainda podem ajudar na manutenção do make durante o dia. O segredo é aplicar a água ou a bruma na preparação da pele, deixando-a mais hidratada e com os poros protegidos para receber a maquiagem.

Além disso, segundo a doutora Carla, elas podem ser aplicadas por cima da maquiagem ao longo do dia, desde que respeitada uma distância de 25 centímetros do rosto. “Se aplicadas a certa distância do rosto, elas favorecem a maquiagem, já que iluminam a pele e deixam o resultado mais natural.”

No avião, no escritório


Outro benefício dos produtos é repor a hidratação perdida com o ar condicionado. "Elas podem ser usadas em situações de ressecamento extremo, como para pessoas que passam mais de oito horas diárias em espaços com ar-condicionado”, acrescenta Beth.

Pelo mesmo motivo, a doutora Carla indica levar uma água termal ou uma bruma para o avião. “O ar-condicionado e a alta pressão ressecam a pele e os produtos ajudam a proteger e a repor a hidratação perdida durante o voo.”

Para manter a sensação refrescante ao longo do dia e diminuir a oleosidade da pele, principalmente no verão, a dermatologista também indica loções e hidratantes a base de gel e oil-free, mesmo para as peles mais ressecadas.

(TEXTO: MIRELLA MENTONE)

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail