Beleza

Você sabe tudo sobre protetor solar? Veja o nosso guia básico sobre o assunto, em tempo para o verão

O verão começa nesta sexta (21.12) e o destino mais do que certo, em algum momento dos próximos meses, é a praia. Hora também de tomar conta da pele: querendo um bronzeado perfeito ou não, é preciso cuidado redobrado com o protetor solar. Conversamos com as dermatologistas Ligia Kogos e Monica Aribi para montar um guia essencial sobre o assunto - que também serve para enfrentar o sol na cidade, durante o resto do ano.

QUAL É A IMPORTÂNCIA DO PROTETOR SOLAR?

Em uma época com tanta informação sobre os males causados pelo sol, não existe razão para sair de casa sem proteção. Esqueça bronzeadores com fatores baixos, pois os atuais são capazes de proteger a pele contra o câncer e o envelhecimento precoce e ainda proporcionar um bronzeado duradouro e homogêneo. "No verão, o uso do protetor é essencial, seja na praia ou na cidade. O importante é usá-lo nas áreas expostas, sempre”, reforça Monica.

COMO ESCOLHER O PROTETOR SOLAR CORRETO
Ligia Kogos explica que os fatores de proteção nos rótulos indicam quantas vezes o produto aumenta o tempo em que a pessoa pode ficar exposta ao sol sem sofrer queimadura. “Se uma pessoa demora 20 minutos para ficar vermelha, com o FPS 15, ela levará 300 minutos”, explica.

Peles claras requerem cuidados extras, portanto pedem fatores mais altos. "Costumo indicar no mínimo FPS 15 para aqueles mais branquinhos. Quem deseja uma proteção maior e mais prolongada, pode optar por 30, 45 ou 60”, diz Ligia. “Geralmente, este são mais indicados para aqueles que têm tendência a machas escuras ou vermelhidão. Já os fatores mais baixos, como 6 e 8 devem ser reservados apenas para pessoas morenas”.

Vale lembrar que, ao contrário do que muitos pensam, as peles negras não estão livres dos perigos causados pelo sol. “Mesmo quem tem pele escura deve usar filtro solar, porque ela pode sofrer regeneração, resultando em manchas por todo o corpo”, afirma Mônica. 

Depois de optar por um fator, é preciso escolher a loção mais apropriada ao seu tipo de pele. As mais oleosas pedem loções oil free, gel ou spray líquido. Estas também funcionam para quem quer fugir da sensação melada dos filtros cremosos. Quem pratica esportes ao ar livre precisa usar produtos à prova d´agua.

VEJA OS PRINCIPAIS PRODUTOS DISPONÍVEIS NO MERCADO.
 
COMO APLICAR O FILTRO
Segundo Monica, a aplicação varia para quem está na praia ou na cidade. "A pessoa deve aplicar o filtro pelo menos 20 minutos antes da exposição. Quem está na cidade pode escolher um fator mais ameno, como o 15, e reaplicar na hora do almoço. Já na praia, invista em fatores mais altos e reaplique a cada três horas, mesmo se a sua loção for à prova d'água”, recomenda a dermatologista.

Para evitar desperdícios, deve-se aplicar o equivalente a uma colher de chá no rosto e três colheres de sopa nas pernas, tronco e braços. Outra recomendação: substituir o FPS mais alto por um fator menor na hora do reforço. “Muitas vezes, as pessoas deixam de reaplicar o filtro 60 porque ele é mais caro. Neste caso, para garantir a proteção, use o 30, que tem um custo mais baixo, e reaplique mais vezes”.

COMO ATINGIR E MANTER O BRONZEADO
Os fatores altos eliminam os raios solares prejudiciais à pele e deixam apenas os bons. O tempo para atingir o bronzeado pode ser mais alto, mas a cor será mais duradouro e com um aspecto mais saudável. Os aceleradores podem ajudar, mas devem ser utilizados sobre um protetor de FPS 30. As duas dermatologistas também recomendam uma alimentação rica em betacaroteno, vitamina C, cenoura, mamão e laranja.

CUIDADOS EXTRAS
Não custa lembrar: chapéu, viseira ou boné devem ser levados à praia. E ficar embaixo do guarda-sol também é sugerido aos mais branquinhos.