Cabelos

13 situações de vida que só quem tem o cabelo oleoso entende

Quem tem o cabelo oleoso sabe como é difícil conseguir ficar pelo menos um dia sem lavar os fios, tendo o rabo de cavalo como um aliado na hora de disfarçar o óleo. Passar demais a mão nos cabelos ou ao menos tocá-los já é o suficiente para deixar tudo com aparência de ensebado.

E pensar que no Brasil, um país tropical, a maior parte da população tem o cabelo oleoso e aprende a lidar com ele mesmo nos dias mais quentes. Reunimos 13 situações em que só quem lava a cabeça todos os dias - porque precisa - vai entender.

+ SEIS MANEIRAS INUSITADAS (E ÚTEIS) DE USAR O XAMPU A SECO

1. Você lava o cabelo antes de dormir e acorda na manhã seguinte com a sensação de que ele já está sujo

2. Considera o xampu a seco a melhor descoberta dos últimos tempos e a única esperança de pular um dia sem lavar o cabelo

3. Quem tem franja entende melhor ainda os benefícios do xampu a seco

4. Aquele produto de tratamento que todo mundo ama deixa o seu cabelo pesado

5. E quando o cabelo é oleoso na raiz e seco nas pontas?!


6. É difícil conter a emoção quando consegue ficar um dia sem lavar o cabelo - e sem a ajuda do xampu a seco!

7. E só a sua amiga de cabelo oleoso entende o quanto isso é maravilhoso

8. Ou quando descobre um xampu que parece feito para o seu cabelo

9. Só que no segundo frasco ele perde o efeito e não age mais do mesmo jeito

10. Quem é loira sempre vai achar que o cabelo escuro disfarça melhor a oleosidade

 

11. Mas ambos têm que aguentar a mesma reação das pessoas de cabelo seco ao descobrirem que você lava o cabelo todos os dias

12. E ainda ouvir que isso não faz bem para os fios


"Isso é nada bom"

13. E você releva, afinal, conseguir ficar até uma semana sem lavar os cabelos também não faz bem nenhum para o couro cabeludo

(TEXTO: MIRELLA MENTONE)

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

5 ideias para mudar o cabelo sem precisar mexer no comprimento

Quem tem o cabelo longo sabe: quanto maior o comprimento, mais difícil fica enfrentar a tesoura. Foram anos de dedicação para atingir o comprimento desejado, e do nada você não aguenta mais aquele cabelo - mas também não tem coragem de cortar.

Isso não significa que precise se conformar e ter o mesmo cabelo todo dia. Com um pouco de criatividade é possível fugir da mesmice sem abrir mão do corte. Veja só.

1. FALSO CURTO



Este penteado é uma boa alternativa para quem deseja mudar radicalmente o visual em uma festa e no dia seguinte acordar com o mesmo cabelo de antes.

+ VEJA COMO FAZER O PENTEADO FALSO CURTO, USADO POR EMMA STONE NO OSCAR 2015

2. MUDAR O CAIMENTO



Quem está com o corte reto pode optar por um repicado, que dá mais movimento ao cabelo. O mesmo vale para quem está com o cabelo repicado, que pode adotar um corte reto, super em alta, segundo o cabeleireiro Romeu Feilpe.

3. ADOTAR UMA FRANJA



Cortar a franja é a melhor maneira de mudar para valer sem mexer no comprimento. Ela não precisa ser necessariamente na testa, pode ser lateral, que exige menos cuidados.

4. VARIAR O PENTEADO



Aposte mais em rabos de cavalo, coques, acessórios e meio-coque para mudar variar o solto.

5. BRINCAR COM A TEXTURA



De vez em quando recorra ao babyliss para um ondulado natural, à chapinha para um liso dramático e sprays de textura, que dão acabamento de volume ou bagunçadinho proposital.

(TEXTO: MIRELLA MENTONE)

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

5 passos para modelar e manter o cabelo afro com aspecto saudável

O black power nunca esteve tão em alta. Com representantes como Solange Knowles, Taís Araújo e até Lady Gaga, que já apelou a perucão para aderir ao estilo, o cabelo black acrescenta atitude ao visual das mais modernas - e é maior fonte de empoderamento para quem se libertou da ditadura do alisamento, como a poderosíssima Miss São Paulo 2016, Sabrina de Paiva.



Conversamos com a Alessandra Souza, do salão Marcos Proença, que é adepta do visual e ensina como manter o black power.

No banho

Alessandra indica produtos específicos para os cabelos cacheados: “Uso xampu Curvaceous, Redken para cabelos cacheados, que ajuda a definir os cachos ou o All Soft para cabelos secos, também da Redken. Para deixar o cabelo macio indico o condicionador Seda Keraforce, que ativa os cachos, e desembaraço o cabelo com uma escova raquete ou pente de dentes largos.”



Pós-lavagem

Não se esqueça do leave-in: “Com os cabelos ainda úmidos uso o leave-in Protector, da L’anza, ou o da Mixed Chicks que eu amo, mas não vende no aqui Brasil. Aplico um pouco do produto nas mãos e uso os dedos como se fossem pente para espalhar, pois acho que define mais os cachos.”



Hidratação

A hidratação é importante para manter os fios bem tratados. “O ideal é hidratar uma semana sim e outra não.”, explica a cabeleireira, que tem a hidratação Inner Restore Intensif, da Senscience como preferida. “É a que eu mais gosto e vejo diferença na mesma hora.”



Modelando

“Amasso os cabelos e seco com difusor. Depois de secos bato um vento quente sem o difusor em todo o cabelo. Para finalizar passo um pouco de óleo Moroccanoil nas pontas.”



Segredo

“Um truque para não amassar o black power é dormir com uma fronha de travesseiro de seda ou cetim no cabelo, como se fosse uma touca. Assim não desmancha os cachos e nem fica frisado.”

 


(TEXTO: MIRELLA MENTONE)

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

New faces aderem ao cabelo curtinho para esta temporada de desfiles

Nas passarelas da semana de moda paulistana, o que mais se viu entre as new faces são meninas que cortaram, há pouco, os cabelos em versões bem curtinhas. A sugestão, que partiu das agências, alavancou a carreira de muitas que estreiam nesta temporada.

A comoção entre cabeleiras seria causada pela fama de Ari Westphal - que, com um corte de cabelo que deu errado, foi o rosto sensação da última temporada? Abaixo conheça as novas adeptas da versão boyish e suas considerações sobre beleza com o novo look.

Sabrina Vieira



A modelo cortou o cabelo há três semanas, bem na fase de castings para a temporada de moda. "Antes eu tinha um cabelo bem longo, que me deixava com um ar de mais tímida, já que me escondia atrás dele. A vida com o cabelo curto é prática: lavo e aplico um modelador de cachos", conta

Kinberly Rohr



Do corte chanel, a modelo foi para o curtinho charmoso, que não precisa de nenhum cuidado especial. "Só me preocupo com a manutenção da tesoura, já que o curtinho perde a forma rápido."

Camila Simões



Antes com cabelo alisado, o corte recente de Camila deixou só a parte natural dos fios da modelo – e foi a coisa mais prática de todas. “Agora não preciso de grandes cuidados e só lavo o cabelo duas vezes na semana.”

Eduarda Reis

A gaúcha ganhou um look andrógino com o novo corte, tigelinha por todo o rosto e com laterais retas. Graças ao look, Duda conquistou destaque na semana de moda, mas tenta manter o estilo das roupas mais feminino.

Virginia Santos e Isabela Camargo

 

Novatas da semana de moda paulistana, as duas estreiam graças ao cabelo novo. “O visual refletiu também no meu jeito de andar na passarela, que tem mais atitude", conta Virginia. "Cortei para tirar a química, já que tinha um cabelo alisado. No guarda-roupa fiquei com um estilo mais boiysh", comenta Isabela.

Uma coisa as duas concordam: “Modelos entendem o nosso corte, mas os meninos fora da moda, não. Ficamos numa fase de sorte no trabalho, mas que acaba afastado os possíveis pretendentes”, brinca Virginia.

Isabela Estevão


Mineira, ela engatou pela primeira vez os desfiles da semana de moda. O estilo do corte, com franja bem curta e mais quadrado, foi sugestão do beauty artist Daniel Hernandez, assim como a cor, que do loiro natural foi para o ruivo.

"No dia a dia meu estilo ficou o mesmo, mas antes as pessoas achavam que eu era mais angelical, por conta do cabelo. O único trabalho extra do novo look não veio com o corte, mas com o retoque da cor, que faço a cada 20 dias", explica.

Ana Schimilosk



A catarinense clareou e deixou os fios bem no estilo boiysh, tudo para a temporada pré casting dos desfiles. “É ótimo, pois não preciso fazer nada no cabelo. Acordo e tô pronta”, conta. A estratégia deu tão certo que ela inclusive abriu a passarela da Apartamento 03.
 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

7 segredos para manter os cabelos longe do frizz

Seja lá qual for o seu tipo de cabelo, ele não está livre do frizz. Os fios indisciplinados antingem lisos, cacheados, crespos e ondulados e tendem a se destacar em dias chuvosos ou muito secos. Processos químicos, como tinturas e alisamentos, e o calor excessivo danificam a fibra e contribuem com o desequilíbrio dos fios, que ficam com aspecto arrepiado.

Segundo Didier Sé, do salão Marcos Proença, além dos fatores climáticos e condições da fibra capilar, o estado emocional também influência na carga elétrica do fio - causando o frizz, que pode ser evitado com alguns cuidados que o cabeleireiro sugere abaixo.

+ 26 PRODUTOS PARA CONTROLAR O FRIZZ, MESMO NOS DIAS ÚMIDOS

1. CUIDADOS
O primeiro passo para controlar o frizz é manter os cabelos bem cuidados. "Fazer hidratações regularmente ajuda a controlar o aspecto arrepiado do cabelo. É importante entender o tipo de cuidado que o seu cabelo precisa e fazer a manutenção em casa."

+ SAIBA A DIFERENÇA ENTRE AS MÁSCARAS E QUAL DELAS OS SEUS FIOS REALMENTE PRECISAM

2. PRODUTOS
"Vale optar por produtos específicos para controlar o frizz, sejam xampus, condicionadores, máscaras, leave-in, etc. Geralmente eles são formulados com óleos, que selam as cutículas do fio e evitam o efeito arrepiado."



3. ÁGUA MORNA
Evite tomar banhos muito quentes. A alta temperatura da água abre as cutículas dos fios, desequilibrando a umidade natural dos cabelos, o que favorece o frizz. Terminar o banho com uma ducha fria no cabelo ajuda a selar os fios.

4. ATENÇÃO À TOALHA
“Evite esfregar o cabelo com a toalha na hora de secar. Isso causa atrito entre os fios, além de provocar a quebra e o desgaste da fibra, deixando o cabelo com aspecto de frizz após a secagem." O mais indicado é fazer compressas delicadas com a toalha retirando o excesso de água.

5. PENTE DE MADEIRA
Se o seu cabelo insiste em arrepiar, troque a escova de plástico por um pente de madeira, que diminui o atrito e a eletricidade dos fios.

6. ANTES DE SECAR
Se não costuma deixar seu cabelo secar naturalmente, lembre-se de protegê-lo antes do secador. “O ideal é usar sempre um protetor térmico com ação antifrizz, pois ele faz a escova durar mais.”

7. FINALIZADORES
"O uso de finalizadores como pomadas, reparadores de pontas ou até mesmo spray antiumidade, ajudam a manter o bom aspecto do cabelo por muito mais tempo."
 
(TEXTO: MIRELLA MENTONE)

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Qual o corte masculino da vez? Especialistas apontam os cabelos mais pedidos e os famosos que servem de inspiração

Mesmo sendo práticos e buscando sempre o minimalismo no quesito estilo, os homens brasileiros possuem uma grande preocupação em sua aparência: os cabelos. Cortes modernos e tratamentos capilares são cada vez mais buscados nos salões e nossos leitores enviam com frequência dúvidas sobre como aderir a moda da vez.

+ CUIDADOS PARA MANTER A BARBA SEMPRE EM DIA

Isso sem contar as personalidades da mídia, que contribuem para influenciar as tendências capilares - que o diga Neymar e Cristiano Ronaldo. Um dos cortes que tem se mantido por mais tempo é o militar, que consiste em deixar as laterais do cabelo mais baixas. A moda mais recente foi a do coque samurai, que cada vez mais coleciona adeptos.

+ CRISTIANO RONALDO VS. NEYMAR: UM DUELO DE ESTILO ENTRE OS JOGADORES

Mas quanto tempo será que essas modas ainda duram e quais as apostas dos próximos cortes para os homens? Procuramos profissionais dos principais salões de São Paulo para esclarecer essas e outras dúvidas de cabelos masculinos.

RODRIGO ARAUJO - RETRÔ HAIR

Rodrigo enumera os mais pedidos no salão, que recebe diariamente grande público masculinio. "Os três cortes mais pedidos atualmente são o Fade Cut, também conhecido como Degradê, o Razor Part e o Man Bun (coque masculino)".


Da esquerda para a direita: Fade Cut, Razor Part e Man Bun (coque samurai)

Ele explica como cada um é feito e o caminho para aderir. "O Fade Cut pode ser feito na maioria dos cabelos, inclusive por aqueles que sofrem de uma leve calvície, pois este evidencia mais o cabelo do topo tendo a impressão que é lá onde se concentra a maior quantidade de fios.

"O Razor Part é um tipo de corte que passa uma imagem moderna/social, sendo feito com a navalha. É preciso ter personalidade para aderi-lo. Já o Coque Samurai é bem simples de se conseguir, o jeito mais rápido é não cortar o cabelo, pois ele tem de crescer por um todo para conseguir prendê-lo como penteado".

RICARDO CHAMORRO - CIRCUS HAIR

As escolhas dos clientes de Ricardo são semelhantes as citadas acima. "O mais pedidos é o Lenhador, o segundo Razor Part e o terceiro ainda é o Undercut (Fade). O primeiro normalmente é preciso de uma barba grande e um cabelo longo no topo e laterais bem curtas começando pela zero.

"O segundo é uma inspiração do tempo de Clark Gable, é um cabelo que pode ser feito num comprimento médio ou bem curto marcando a divisão lateral com a navalha ou maquina. O terceiro é aquele que se deixa atrás e laterais sem conexão com a parte de cima (topo), pode ser qualquer tamanho".


Da esquerda para a direita: Lenhador, Razor Part e Undercut (Fade)

ANDERSON SANTOS - BARBEARIA DR. JONES

Mais uma fez, o Fade entra na lista dos favoritos. "Hoje está super em alta o corte Degradê que é aquele com sombra e um pouco mais alto em cima - na maioria das vezes ele leva uma risca bem fininha. Coque Samurai em segundo, que é aquele um pouco alto que acompanha a barba lenhador. Por último, aquele corte praia que é torcido com efeito messy", aponta.

 
Da esquerda para a direita: Fade Cut, Coque Samurai e Messy

INFLUÊNCIA

Mas afinal, porque esses continuam com tanta força entre os homens. Para Rodrigo, a escolha está ligada a aceitação social, como no ambiente profissional. "A princípio estes cortes fazem sucesso pelo fato de serem modernos e ao mesmo tempo profissionais, sendo aceitos na maioria das profissões sem agredir o caráter visual, à partir disso o Fade cut e o Razor Part geralmente denotam uma maior confiabilidade pois a característica principal destes é deixar o rosto mais quadrado, passando mais segurança ao interlocutor".

+ PUXADA POR BRAD PITT, VEJA A LISTA DE FAMOSOS QUE ADERIRAM ÀS UNHAS PINTADAS

Já Anderson acha que o Instagram é o responsável por influenciar tudo atualmente. "Acho que as pessoas hoje estão levando muito a sério o lance do instagram. Tudo que se posta fora, vários clientes chegam pedindo. Ou mesmo os que estão viajando para a Europa voltam com várias referêcias".

O Coque Samurai é para o time dos que não trabalham em ambientes formais. "Ele vem caracterizando o perfil de um homem mais moderno, que gosta sim de ter cabelo comprido, mas não quer parecer feminilizado, buscando um visual que em teoria seria mais casual, devido a praticidade do penteado", esclarece Rodrigo. 

+ O EFEITO DE 6 TIPOS DE BARBA EM DIFERENTES FORMATOS DE ROSTO

Se antes os jogadores de futebol eram as personalidades que reinavam absolutos como exemplos, agora eles ganharam a companhia de outros famosos. "Destaco David Beckham que sempre está ditando tendências de corte de cabelo masculinos em uma maneira geral. Existem também vários cantores sertanejos os quais seguem moda, mas estes geralmente não ditam tendência", afirma Rodrigo.


David Beckham e Mario Beckman

Alguém não convencional é que tem aparecido mais no salão de Anderson. "O Mario Beckman, que fez a novela Salve Jorge, tem muita gente que chega com a foto dele". Ricardo diz que não costuma receber pedidos de cortes de celebridades. "Há uma influência europeia muito forte, diria mais precisamente na Alemanha (Berlim). O movimento trend's hair naquele pais é muito forte. Vejo que o olhar está voltado para a Europa e a referência está sendo buscada lá sem personalidades influentes", reforça.

APOSTAS


O corte Pompadour

Quando perguntamos aos profissionais suas apostas de novos cortes que irão virar moda, as respostas são variadas. "Provavelmente o próximo corte da moda será o Pompadour, caracterizado pelo topete mais cheio e uniforme, com ou sem degradê na lateral, como referencial Johnny Cash e Elvis Presley", indica Rodrigo.

Ricardo sugere os fios naturais. "Aposto, nos médios, bem desfiados e desestruturados. O cabelo vai crescer". Assim como Anderson, que arrisca o mesmo palpite. "O próximo que vai entrar vai continuar nessa onda de mais curto misturado ao longo. Também vale a pena falar do corte desfiado em cima, que não precisa usar muito produto, apenas texturização no topo da cabeça. Arrisco falar um corte natural, que passa uma leve cera e já tá pronto.

+ HANDLEBAR: SAIBA COMO FAZER E QUAIS CUIDADOS PARA CONSERVAR O BIGODE COM PONTA

Entre os que estão com a validade quase perdida, o Coque Samurai ganha disparado. "Com certeza o coque vai perder força rapidamente, muitos homens que realizam este corte enjoam rapidamente pela falta de prática com o cabelo comprido ou a falta de variação visual", diz Rodrigo. "O coque já esta meio no prazo de validade. É um pouco difícil de cuidar, tem que ficar preso. É um corte que perde um pouco a força", observa Anderson.

Entre os que ainda prometem se manter, o degradê é o escolhido. "O degradê certamente vai prevalecer ainda por no mínimo dois anos, pois este em sua maioria combina bastante com o tipo de rosto masculino e tendo suas variações para cada tipo de traços e gostos", diz Rodrigo. Anderson divide a mesma opinião. "O que se mantém é o militar, com aquela sombra formando o degradê".

RETRÔ HAIR
Rua Augusta, 902, Consolação - São Paulo
Tel. 0/xx/11 3151-5820

CIRCUS HAIR
Rua Augusta, 1364, Consolação - São Paulo
Tel. 0/xx/11 3253-1698 ou 3283-5863

BARBEARIA DR. JONES
Rua Bela Cintra, 2149, Jardins - São Paulo
Tel. 0/xx/11 9 5351-0744

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

»Notícias Anteriores