Casamento

Que tal um vestido de noiva... vegano? Estilista Renata Buzzo conta como levou seu estilo de vida para o ateliê

Vegetariana há oito anos e vegana há dois, Renata Buzzo se orgulha de ser a primeira estilista de noivas do Brasil a criar vestidos que não utilizem nenhuma matéria prima animal.

A ideia surgiu do sonho de ter sua própria marca e respeitar seu estilo de vida. "Eu sei que linkar o mercado de luxo de noivas com a causa animal é um tanto inusitado, mas para mim foi natural", conta Renata. "Tenho um amor incondicional por animais e desde a faculdade de moda senti que seria infeliz se negligenciasse isso em âmbito profissional."

Renata começou a carreira de moda estagiando com Samuel Cirnansck, daí veio a vontade de trabalhar com noivas. “Quando estava na faculdade me apaixonei por moulage, ddepois de estagiar com Cirnansck tomei gosto por noivas", conta.

O que difere os vestidos de noiva da estilista dos ateliês tradicionais são os materiais. “A diferença básica é não utilizar produtos derivados de animais.”, explica. Para isso, Renata substitui a seda por tecidos vegetais, como algodão, e sintéticos como crepe, tule e musseline. “Uso os de alta performance, que possuem um preço elevado mas garantem a qualidade e o caimento que desejo”

Os detalhes e botões, muitas vezes feitos com chifres, ossos ou pérolas nos vestidos tradicionais, são substituídos por canutilhos, miçangas e pedras.

Renata também reutiliza rendas antigas e não gosta de desperdiçar sobras. “Garimpamos rendas vintages que são tratadas e rebordadas. Também não jogamos fora os retalhos, que viram arranjos para o cabelo ou um bordado no vestido seguinte.”

Outro detalhe são os sapatos veganos que a estilista acaba de lançar em parceria com a tradicional marca Kila. "Criamos uma linha desenvolvida em couro sintético, tecido, rendas para revestir e componentes internos da estrutura sem derivação animal.", explica a estilista que no fim de fevereiro abre uma loja nos Jardins.

PÚBLICO ALVO

Segundo Renata, 99% das noivas que procuram seus vestidos não são veganas ou vegetarianas. "Geralmente são mulheres que se identificam com os vestidos, que tem silhueta delicada, romântica, não tão opulenta. Elas também gostam do fato do vestido ser uma peça única, feita em moulage e exclusivamente artesanal. E claro, adoram os animais.”

 

 

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas