Como Usar

Gloria Kalil ensina como usar o mix de estampas, aposta das coleções de resort 2015 e hit entre as celebridades

Listras, poás, étnicos, florais, grafismos, xadrezes, quadriculados... Com a baixa do minimalismo de cor e as infinitas possibilidades da estamparia digital, o crash de estampas e padronagens ganhou mais força e naturalidade nas últimas estações. As coleções de resort 2015, o pré-verão do hemisfério norte, mostraram mil opções para adotar a combinação de diferentes desenhos - e as celebridades confirmam o gosto pela ideia, na rua ou no tapete vermelho.

Analisando as propostas das coleções e os últimos looks das famosas, Gloria Kalil ensina como usar o mix de estampas. "Há misturas que dão certíssimo. É uma maneira nova de usar estampas e uma manifestação de personalidade que mostra o gosto pessoal. Tem uma contribuição grande da pessoa que esta usando. É uma ousadia que pode parecer mais ou menos harmoniosa, dependendo do gosto da pessoa".
 

"Para quem quer começar a usar, a mistura entre os clássicos sempre facilita. O xadrez, poá, listras e floral são algumas que entram na categoria dos clássicos que não tem erro. Tente mesclar uma mesma cor entre as estampas, como o preto e branco. Se não quiser errar nunca, traga sempre o P&B para as composições".

"Você pode mudar uma porção de vezes um look, tem uma série de vantagens. Na foto 1 e 2, a mesma saia foi usada com duas diferentes propostas de misturas. No dia a dia, Olivia Palermo escolheu um desenho menor para combinar com o floral da saia e no red carpet, um floral mais espaçado e de cores fortes formando uma ideia mais ousada. O terceiro é a junção de todos os clássicos: xadrez, listras e poá que aparecem em p&b. Quando se usa duas cores, já entra em um visual mais fácil de ser absorvido".

"As mais ousadas, como Solange Knowles, precisam estar preparadas: é difícil passar despercebida e não chamar atenção. Não tem critério para dizer se está certo ou errado, as escolhas demonstram a personalidade e o gosto de quem usa".

"As estampas figurativas e muito pequenas são as mais convencionais e que beiram o sem graça, além de infantilizar o look. Tente um elemento a mais de cor ou estampas maiores, que diminuem o risco de formar combinações tímidas".

"Algumas são inesperadas e trazem a mistura de elementos completamente diferentes. Aqui a novidade é o tamanho das listras e as cores diferentes de uma mesma padronagem. É uma questão de gosto, tem pessoas que podem achar um acerto e outras um erro".
(Na foto, Olivia Wilde com dois looks do resort 2015 de Stella McCartney)

Entre as coleções, Alexander Wang, Fendi, Kenzo e Proenza Schouler provam que o preto e branco são os melhores aliados na hora de formar o crash. "Eles estão misturando o P&B, que dá uma força a mais e funciona tanto nas estampas pequenas como nas maxigráficas".

Algumas investiram na mistura de três ou mais estampas. "Os coloridos funcionam, mas note que o preto e branco sempre se faz presente, quebrando o exagero e deixando o look mais harmônico".

O animal print também foi misturado nas coleções de Peter Pilotto, Emanuel Ungaro e Christopher Kane, com variações de tamanhos e cores. "Eles misturaram as onças e zebras de um jeito colorido, que funciona".

Outras abusaram do conceito e liberaram as misturas mais impensáveis, como Stella McCartney, Louis Vuitton e Kenzo. "O exagero é marcado em estampas e cores que nem sempre combinam, mas podem ficar harmônicas. É uma questão de gosto e para quem não tem medo de chamar atenção".

+ INICIANTE OU AVANÇADO? SIGA O PASSO A PASSO PARA MISTURAR ESTAMPAS NO MESMO LOOK
 

 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Listras seguem como curinga no guarda-roupa e Gloria Kalil comenta os melhores jeitos de usar a padronagem

Eterna presença lista de básicos-e-clássicos do guarda-roupa, as listras continuam dando muito as caras em 2014. Seja pelas ruas ou entre as celebridades, a padronagem comprova que seu uso versátil é bom tanto para o inverno, quanto para o verão.

Pensando nisso, Gloria Kalil aponta as vantagens e segredos na hora de usar as listras.

1. VESTIDOS

"Nós estamos no inverno, mas as celebridades estão se despedindo do verão lá fora com muitos vestidos listrados usados tanto no red carpet, como no dia a dia. As listras quebram um galho espantoso, em qualquer estação e é super esportiva. Não podem faltar", diz Gloria.

2. COM SHORTS

"É um grande clássico e dá pra misturar com várias coisas, tecidos diferentes, outras estampas. Aqui o shortinho foi a escolha, boa para os dias mais quentes que ganham um ar chic mesmo nas combinações mais informais". 

3. CALÇA

"As calças andaram assustando com uma onda recente que estorou nas ruas. Hoje elas aparecem menos e pedem sobriedade nos acompanhamentos. O preto e branco acaba sendo a escolha mais frequente, que ganham combinações de cores da mesma cartela". 

4. COM JEANS

"O jeans é outro clássico que sempre combina bem com as listras, naqueles momentos em que não se quer um look super elaborado, mas ainda assim parecer arrumada". 

5. ACESSÓRIOS

"Para incrementar as composições esportivas, um salto já resolve. Miranda Kerr é adepta às listras e frequentemente é fotografada com composições que variam entre o chic e roqueirinho. Exemplos que mostram que todos podem continuar usando tranquilamente seus listrados, porque continuam sempre bem"

6. HORIZONTAIS OU VERTICAIS?

"Horizontal, vertcal, cruzado ou com efeito, é um classico que permanece. Se está sem saber o que vestir, coloque o listrado que não tem erro. A orientação é um detalhe que, para as que tem uma silhueta melhor, que são favorecidas pelas verticais"

 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Parece couro, mas não é: veja as 7 maneiras de cuidar e conservar aquela peça de material sintético

Sabia que o termo "couro sintético" é proibido por lei? Pois é. No ar desde 1965, a tal "lei do couro" configura como concorrência desleal usar a palavra couro para o que não é de origem animal.

Faz sentido, afinal estamos falando de um laminado sintético, feitos em sua maioria de poliuretano - que lembra couro na aparência física, mas tem valor bem inferior ao legítimo.

Proibido ou não, o tal "couro sintético" está cada vez mais nas lojas - seja pelo custo ou por motivos ambientais. E como conservar esse material, que é bem mais frágil que o original?

Quem nos ajuda a listar os 7 passos para manter suas peças sempre bonitas é Fernanda Feijó, gerente sênior de estilo da Renner.

1. Para limpar é simples: só usar um pano úmido e limpo.
6. O ideal é não lavar a peça. “Se precisar muito lave o forro com um sabão neutro e com muito cuidado”, explica.
3. Em hipótese alguma coloque a peça na secadora ou passe com o ferro: "o calor deforma o material”, explica Fernanda.
4. Não dobre a roupa para evitar vincos. "O material sintético marca e começa a descascar na região.”
5. Guarde as peças penduradas e preste atenção ao cabide: "use os mais largos e coloque um pano ou algodão para proteger, caso existam presilhas naqueles cabides de saias."
6. Cuidado ao guardar: o sintético transfere a cor e gruda se estiver junto de outra peça do mesmo material.
7. Caso tome chuva, seque a peça com um  pano e deixe-a secando à sombra


 

 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Gloria Kalil ensina como usar os quimonos, item que promete ser um dos hits no guarda-roupa do verão 2015

Entre as tantas modinhas que o verão espera, uma que já tem presença garantida no guarda-roupa é o quimono. Com inspiração oriental, a peça tomou as ruas nas altas temperaturas no hemisfério norte e já vem chegando em terras brasileiras - nas versões que lembram as originais ou releituras com cara de fesitval de verão europeu, com franjas.

"Eles vieram aparecendo de pouquinho e de repente caiu no gosto da moda e prometem ser um item forte no nosso verão", diz Gloria Kalil, que indica alguns conselhos na hora de aderir aos quimonos: 

"É uma peça muito versátil porque funciona bem tanto para o dia, quanto para noite. Ele dá um upgrade total em um jeans com camiseta. É a cara do verão, dá uma cor e tem a vantagem que os xales não tem, de não escorregar e cair".

+ VEJA ONDE ENCONTRAR AS PEÇAS INSPIRADAS EM QUIMONOS

"Eles podem ser de seda, de malha, algodão ou o tecido que for. Dá certo pois proporcionam um charme e substituiem um belo lenço ou uma echarpe de verão".

"Eles dão um charme para as produções e são, geralmente, bem estampados - que é a graça maior quando se fala em quimonos. Podem ser curtos ou mais compridos e usados com ou sem cinto".

"Com o jeans é o que mais dá certo, mas ele vai bem com tudo: shortinho, calça ou vestido. Ele cria uma personalidade e compõe melhor um look mais simples e vai perfeitamente bem à noite. É de uma facilidade de uso enorme: não tem idade, não tem lugar e não tem tecido, vai bem com qualquer roupa e entra, inclusive, nos escritórios formais".

"Algumas versões novas aparecem com franjas, lembrando um pouco os xales. Os quimonos são tão democráticos na hora de usar que podem servir também como saída de praia".

+ VEJA AS 21 PRINCIPAIS TENDÊNCIAS PARA O VERÃO 2015

 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

A saia trompete é o xodó das coleções de verão 2015, mas não combina com qualquer quadril; Gloria Kalil comenta

Esta saia reta, mas com babado na barra (nas mais variadas larguras) e bem romântica, é um dos destaques das coleções de verão. O modelo, chamado trompete por conta da boca aberta igual ao instrumento musical, apareceu nas passarelas (como na Colcci e Lolitta) e já está nas lojas de fast fashion nacionais.



 “As saias trompete funcionam bem com e sem salto, dá para usar com tudo: tênis, sapatilhas e sapatos de salto”, explica Gloria Kalil. Os comprimentos em destaque da estação são os curtos e mídi, muitos de neoprene e material sintético que imita o couro.

 

Mas para usar e segurar a saia trompete, Gloria aconselha: "é preciso lembrar que ela evidencia os quadris, o culote, a barriga e o bumbum. Então, se não quiser mostrar estas partes, esqueça a peça.”

+ VEJA AS 21 PRINCIPAIS TENDÊNCIAS PARA O VERÃO 2015

 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Dúvidas na hora de escolher o vestido de noiva? Estilistas listam o que prestar atenção para favorecer cada tipo de corpo

A maioria das noivas sabe desde a infância o modelo que usarão no altar. O problema é que, muitas vezes, o que está na cabeça não bate com o corpo atual.

Quem sabe muito bem isso são os estilistas Sandro Barros e Carol Hungria, especialistas em moda noiva - e que recebem vez ou outra pedidos das moças que querem usar o que não cai tão bem assim. “Aqui no ateliê tenho alguns vestidos disponíveis para a noiva provar antes do atendimento. Assim ela consegue entender se aquele modelo funciona ou não no corpo dela”, conta Sandro Barros.

Abaixo veja as melhores opções de vestidos de acordo com o seu tipo físico segundo nossos experts:

1. SEIOS PEQUENOS

. Aproveite para mostrar o colo sem medo. Você pode usar usar bojos no vestido para dar mais volume.
. Entre os decotes, o tomara que caia reto, o canoa e o de um ombro só funcionam muito bem para você.

+ VEJA 25 OPÇÕES DE LOOKS DAS PASSARELAS PARA O CASAMENTO NO CIVIL

2. SEIOS GRANDES



. Melhor evitar decotes fechados, frente única, cava americana e corte abaixo do busto.
. Os melhores amigos do seu volume: decotes em V ou arredondados.

3. BAIXINHA



. Saias muito rodadas e amplas diminuem a silhueta. Opte por modelos com corte evasê (linha A).
. Evite dividir a cintura com um cinto para não achatar a proporção.
. Os decotes frente única ou cava americana funcionam para alongar a silhueta (ao contrário do tomara que caia).
. Evite o véu muito longo, pois ele também pode dar a sensação de que você ainda é mais baixinha - principalmente nas fotos da cerimônia.

+ 5 CONSELHOS PARA LIDAR COM PEQUENAS TRAGÉDIAS NO DIA DO CASAMENTO

4. QUADRIL LARGO



. Use uma saia que faça o movimento em "A" a partir da parte mais larga do quadril.
. Prefira um tecido fino com caimento mais pesado, como o crepe, ou escolha um mais estruturado, como o tafetá e a organza.
. Outra boa alternativa é a saia com movimento de prega ou um leve franzido, mas com um tecido com movimento, que chame atenção para a amplitude da saia.
. Cuidado com o modelo sereia: ele vai inevitavelmente ressaltar seu quadril.

 + VESTIDO DE NOIVA POR ATÉ CINCO MIL REAIS? SIM, É POSSÍVEL ENCONTRAR MODELOS DISPONÍVEIS EM ATELIÊS DO BRASIL

5. PLUS SIZE



. Véus longos são opção melhor para harmonizar.
. O tomara que caia pode reforçar dobrinhas sob os braços. Para evitar, escolha um modelo com decote em V - que também ajuda a alongar a silhueta.
. Detalhes drapeados na diagonal na cintura (em tecido delicado) são bons aliados.
. Não quer abrir mão do modelo sereia? Experimente um com abertura perto dos joelhos - quanto menos afunilado, melhor.

+ O NOIVO VAI DE TERNO BRANCO NO CASAMENTO? DESCUBRA SEIS ELEMENTOS QUE PODEM ATUALIZAR ESTE VISUAL
 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

»Notícias Anteriores