Como Usar

Você lava suas gravatas? Pois saiba que elas acumulam bactérias (muitas!) e merecem lavagens especiais

Homens, confessem: quando foi a última vez que vocês lavaram suas gravatas? Pois, a maioria dos rapazes acaba deixando a peça de lado na hora da limpeza e nem imagina a quantidade se sujeira não visível que tem ali.

Gravatas são, sim, portos perfeito para acúmulo de bactérias. Pesquisa realizada no New York Hospital Queens, por exemplo, apontou que quase metade das gravatas usadas pelos médicos tinha alguma bactéria causadora de doenças.

Mas o drama não pertence só à classe médica. O uso diário, aliado à falta de higiene, transforma qualquer gravata em um potencial repositório de problemas. Pense em quantas vezes você lavou as mãos e logo depois deu uma ajeitadinha no visual em frente ao espelho.



Não pense que basta jogar as peças na máquina comum. Para cuidar das suas gravatas, o estilista Ricardo Almeida recomenda que elas sejam lavadas em um lavanderia especializada. “Como são feitas de seda, esta é a forma ideal de lavagem, que deve acontecer sempre que for necessário, mas sem regras fixas”, explica.

A limpeza a seco é realizada com produtos químicos, que limpam as fibras sem encharcá-las e desorganizá-las, como aconteceria na lavagem com água. “Uma limpeza inadequada pode destruir a gravata, fazendo com que fique retorcida ou que a sua entretela encolha, o que normalmente ocorre em lavagens convencionais, com água”, explica Maria Alzira Linares, proprietária da rede de lavanderias Lavasecco.

+ VEJA COMO GUARDAR SUAS GRAVATAS E OUTRAS MIUDEZAS DO GUARDA-ROUPA


 

 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

O vestidinho preto serve para qualquer festa? Gloria Kalil indica em que momentos o tom é bem-vindo

Sempre que surge aquele compromisso com dress code mais elaborado ou alguma festa de gala, o preto vem logo à cabeça quando não queremos errar na escolha do look. O tom é o que mais favorece em vários aspectos como disfarçar volumes do corpo ou para manter a produção discreta e chic.

+ APRENDA A USAR O DECOTE DE UM OMBRO SÓ DE ACORDO COM SEU BIÓTIPO

Entre as celebridades, o preto comprova sua força nos eventos de red carpet - vide os looks desfilados na cerimônia e festas pós-Oscar 2015.

Mas será que é assim tão fácil usar o preto para a moda festa? E ele serve para qualquer ocasião? Para esclarecer essas e outras dúvidas, Gloria Kalil indica o melhor jeito de usar o preto.


Cate Blanchett, Felicity Jones e Jennifer Hudson

A dúvida mais frequente das leitoras é se o preto é bem-vindo em casamentos. "Nenhuma dessa roupas servem para madrinhas, que não usa preto nunca! Mas para as convidadas, não há tanto problema. Normalmente uma pessoa não vai de preto longo no casamento, optam mais por um modelo curto. É muito mais apropriado para um evento de gala um preto longo, normalmente não é para casamentos mas para as convidadas, não há tanto problema", analisa Gloria.

+ PRETO TOTAL LIDERA AS ESCOLHAS DAS CELEBRIDADES BRASILEIRAS

As joias e bijuterias são boas aliadas do preto. "O estranhamento que deu a Cate é que turquesa é uma joia causal, diurna, que combina com camurça ou franja. Quando é um evento de gala, o mais comum são joias mais requintadas e brilhantes", diz Gloria. "Qualquer outro colar dá uma levantada no vestido e essa é a vantagem do pretinho, ele te acompanha em todas as situações - como nos modelos de Felicity e Jennifer, que trouxeram a joia já como detalhe do vestido. Todas estão corretamente vestidas sem chamar a atenção. ".


Melanie Griffith, Mindy Kaling e Keira Knightley

O que marca a escolha do preto é a discrição. "É uma roupa de acompanhante, que não é para chamar a atenção sobre ela. O de Melanie é um vestido para uma senhora que tem uma silhueta mais fina. Ele tapa tudo e ao mesmo tempo traz uma abertura sutil no decote. Os decotes, aliás, são outra opção e o de Mindy traz uma gracinha com detalhe de brilhos. Já Keira tem pouco seio, então o decote cai muito bem. A modelagem do vestido é boa para quem esta um pouco acima do peso e tem um respiro no decote - desde que o peito segure e não comece a escapulir".

 
Kristen Bell, Dita von Teese e Selena Gomez

Aqui os exemplos que já começam a partir para ocasiões específicas, onde o rigor do dress code seja mais abrangente. "Kristen errou porque tem os braços grossos e o modelo puxa o foco exatamente para esta região. Dita é uma baixinha muito bem proporcionada, tem um braço bonito e segura bem o vestido. Além disso, toda transparência ajuda a dar uma leveza. Selena partiu para o todo fechado, que é uma alternativa para esconder tudo que não se quer mostrar."


Nicole Scherzinger, Karlie Kloss e Gigi Hadid

Para aquelas que gostam de chamar mais a atenção, deixe os modelos provocantes para uma situação mais liberal, como bailes de Carnaval. "A transparência e rendas dão uma ideia de silhueta mais comprida, desde que seja na medida. Karlie apostou na transparência sexy, o que já não entra em certas festas onde o dress code é mais rigoroso. O vestido de Gigi é o equivalente a estar usando roupa de banho, precisa de um corpo perfeito - e de um tapete vermelho - para segurar. É uma proposta chamativa que não serve para eventos formais".
 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Decote de um ombro só é aposta das famosas para moda festa; veja como aderir, de acordo com seu biótipo

Para fugir dos convencionais modelos de maior sucesso na moda festa - como o tomara que caia -, os looks com decote de um ombro só vem se firmando como escolha entre as famosas. A opção se fortaleceu ainda mais no tapete vermelho do Oscar, com opções que iam da alça fina ao ombro coberto com acessórios.

+ GLORIA KALIL APONTA OS 28 MELHORES (E PIORES) MOMENTOS DO OSCAR 2015

A linha diagonal pode ser aliada para aquelas que possuem medidas fora dos padrões, mas é bom ficar atenta em alguns detalhes na hora de usar.

Pensando nisso, Gloria Kalil ajuda a desvendar os segredos para investir no ombro só.

SEIOS PEQUENOS


Carol Ribeiro, Dakota Johnson e Kylie Minogue

Se saem melhor aquelas que possuem pouco volume na região dos seios. Outro ponto a prestar atenção é o lado onde a peça fica sem a alça ou manga. "O problema está na lateral: apesar da alça para diferenciar, o lado oposto mantém as carcaterísitcas do tomara que caia. Com isso, o lado que se sustenta sozinho é estruturado e pode acumular volume na região dos braços, pois precisa ser mais apertado para dar sustentação ao seio. Dê uma boa olhada no espelho para deter os excessos", indica Gloria.

SEIOS GRANDES E BAIXINHAS


Indina Menzel, Kate Upton e Patricia Arquette

Aqueles que formam a alça transversal inteira, sem dividir a região, são os que melhor sustentam os seios. "Por ser uma linha reta, não apertam a lateral. Quanto mais alto for o decote, maior é a ajuda a disfarçar gordurinhas indesejadas. Esta modelagem é mais indicadas para quem tem seios menores, senão o volume gera uma briga visual". Para quem tem muito peito, o decote reto é melhor.

E para as baixinhas, alguns pontos são fundamentais. "Tem que ser modelos que não marquem a cintura. Para quem é mais baixa e tem o tronco curto, quanto mais colunar for a modelagem do vestido e sem dividir a cintura, melhor".

+ 6 OPÇÕES DO RED CARPET DO OSCAR QUE VÃO INFLUENCIAR A MODA FESTA

Nos exemplos acima, Kate foi a que se saiu melhor na escolha. "O de Indina é complicado porque tem corte na cintura e ainda dois tecidos diferentes, chama a atenção para a região e diminuiu o corpo. Kate tem o corpo curvilíneo e seios grandes. Ela escolheu bem porque seu vestido é de uma cor só, o infalível preto. Além disso, possui essas abas assimétricas que tapam qualquer gordurinha que possa aparecer. Já Patricia escolheu uma roupa muito dificil para uma baixinha. Apesar de ser elegante, é um vestido dá problema porque diminuiu a silhueta e marca o corpo curto".

O INFALÍVEL


Gwyneth Paltrow, Sophie Hunter e Diane Kruger

Para não ter erro, opte pelos modelos coluna, que deixam a cintura livre e não marcam o corpo. "Estes são os melhores porque fazem uma silhueta mais comprida e tapam qualquer volume porque não apertam. Não fosse pela flor na manga, o de Gwyneth serviria para qualquer pessoa. O melhor exemplo é o de Sophie, esse vai bem pra todo mundo, é um vestido que escorrega no corpo, é comprido, não marca a lateral. O de Diane só merece atenção por ser do tipo que aperta o braço que está sem manga. Novamente faça uma análise no espelho e se se sentir confiante, invista sem medo".
 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Os acertos (e cuidados) na hora de escolher o look para ser madrinha ou convidada de um casamento

Notícia da semana, a união da atriz Fernanda Souza com o cantor Thiaguinho na terça-feira (24.02), em São Paulo, reuniu, entre convidadas e madrinhas, boas e más opções do que usar.

"As pessoas têm que entender que festa de casamento é uma festa diferente das outras. Implica numa cerimônia religiosa, tem uma certa solenidade. Não é a mesma coisa que uma balada, logo não é o mesmo figurino”, comenta Gloria Kalil.

+ GLORIA KALIL ENTREGA 8 MANDAMENTOS DO LOOK DE MADRINHA


1. RENDAS


Fernanda Paes Leme de Patricia Bonaldi e Carol Sampaio

Material clássico, a renda é sempre eficiente para os vestidos de festa. Com bordados, como o de Fernanda, a versão fica ainda mais interessante para os casamentos à noite.

2. LISOS


Angélica de Alexander McQueen, Samara Felippo, Paloma Bernardi de Vitor Zerbinato

Sedas foscas e jérsei sem bordados funcionam tanto para festas durante o dia como à noite – neste caso você pode colocar acessórios maiores, de mais impacto. "Todas estão ótimas para serem madrinhas", comenta Gloria.

3. PRETOS

 
Vera Viel de Lu Monteiro

A cor é boa somente para as convidadas, caso de Vera, e não para madrinhas. Mas merece discrição. “Se seu vestido for igual ao de Vera, com decote nas costas, leve um xale para usar na igreja - e depois tire-o para a festa” , sugere Gloria.

4. VESTIDO TRANSPARENTE


Carolina Dieckmann de Lethicia Bronstein

Os flashes costumam ser maldoso - mesmo que o vestido tenha forro. Faça um teste em casa antes, para não marcar a lingerie igual à atriz na hora da foto. Às vezes, se o vestido for transparente demais, vale reforçar na parte de baixo.

5. PELE DEMAIS À MOSTRA


Claudia Leitte de Patricia Bonaldi, Luiza Possi e Anitta, de Versace para Riachuelo

Cerimônias religiosas pedem um certo respeito, o que vale para convidadas e principalmente madrinhas. Por isso evite transparências, decotes e fendas exageradas. No caso de Claudia, Luiza e Anitta, elas não estariam adequadas para serem madrinhas.

6. VESTIDO QUASE BRANCO


Adriane Galisteu

Deixe o branco para a noiva, é a maior regra. “Adriane beirou perigosamente o branco, cor que é exclusividade da noiva no casamento”, explica Gloria Kalil.

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Para as baixinhas, Gloria Kalil ensina 18 maneiras práticas de alongar a silhueta e (o melhor!) sem precisar usar salto

Não é porque você é baixinha que é necessário viver sobre sapatos altíssimos, ainda mais no dia a dia. Com 18 opções fáceis de moda e beleza, Gloria Kalil dá o manual para aproveitar a silhueta e parecer mais longilínea - e o melhor: sem saltos!

+VESTIDOS PARA BAIXINHAS: GLORIA INDICA O CERTO E ERRADO PARA LOOKS DE FESTA

 

NAS ROUPAS

1. VÁ DE MONOCROMÁTICO


Miroslava Duma (1m52) e Eva Longoria (1m57)

Este tipo de produção é uma boa pedida para crescer alguns centímetros. Além do clássico preto total, cores saturadas como vermelho, ou tons neutros como o branco, também funcionam principalmente com peças mais retas - boas para manter a silhueta proporcional.

2. SAIA MÁXI
Uma peça bem cortada pode criar a ilusão de alguns centímetros a mais para quem é baixinha - principalmente se ela tiver um corte reto e uma cor ou estampa única. O cós da saia deve parar na linha da cintura e a barra acabar mostrando as pontas dos pés quando em movimento.

+BAIXINHAS PODEM USAR SAIA LONGA E MÍDI? GLORIA ENSINA O SEGREDO DAS PROPORÇÕES

 

3. COMPRIMENTOS MINI


Rachel Bilson (1m57) e AnnaSophia Robb (1m52)

Quando o assunto é saia ou vestido, as versões supercurtas favorecem, já que mostram mais a pele e criam a ilusão de pernas mais longas.

4.
LISTRAS VERTICAIS
Conselho dos mais antigos, as listras verticais criam efeito óptico que alonga a silhueta.

5. JAQUETAS OU BLAZERS CURTOS
Aproveite a moda cropped para usá-los por cima de vestidos ou blusas mais compridas. Elas ajudam a alongar o corpo.

6.CALÇA SKINNY


Ariana Grande (1m53) e Carolina Dieckmann (1m62)

Calças retas ou skinny são apostas certas, mas com atenção às barras na medida: nunca deixe a calça muito comprida ou muito curta. Bainha dobrada é outro elemento que achata a silhueta.

7. TUBINHOS
O vestido clássico é curinga no guarda-roupa de quem é baixinha. Aposte nos comprimentos acima dos joelhos e modelagens mais sequinhas.

8. DECOTE EM V


Manu Gavassi (1m52) e Natalie Portman (1m60)

Blusas com decotes em V, assim como as camisas meio abertas, dão a ilusão de um corpo mais longilíneo. Aposta certa para as baixinhas e que, ainda por cima, favorece quem tem seios grandes.

9. CASACOS ATÉ OS JOELHOS

Quem mede até 1m60 deve preferir casacos que não passem dos joelhos, pois achatam ainda mais a silhueta.

10. TOP CROPPED


Lea Michele (1m59) e Vanessa Hudgens (1m55)

Blusas que param na linha da cintura ou bustiê encurtam o tronco e alongam as pernas. Invista nas produções com peças de baixo com a cintura alta.

11. CINTURA ALTA
Em shorts mini, calças ou microssaias, a cintura alta marca a linha da cintura e ajuda a criar a ilusão de pernas mais longas. As blusas devem parar na altura do cós. Combine a peça de cintura alta com um top curto tipo cropped, ou uma camiseta dentro da calça.

 

NOS ACESSÓRIOS

12. BOLSA PEQUENA


As gêmeas Ashley (1m60) e Mary-Kate Olsen(1m57)

Elas evitam que sua silhueta seja engolida pelo acessório gigante.

13. CINTOS FINOS
Mulheres baixinhas que querem acinturar as peças devem optar pelos cintos finos. Eles ajudam a definir e valorizar a cintura de uma maneira natural, sem cortar a silhueta na metade como os modelos mais largos.

14. COLARES LONGOS
A escolha dos acessórios também ajuda a criar uma silhueta mais longilínea. Mulheres pequenas, que querem parecer mais altas, devem escolher colares mais longos.

15. SAPATOS CAVADOS



Sarah Jessica Parker (1m60) e Reese Witherspoon (1m56)

Mulheres baixinhas que querem alongar a silhueta não precisam subir em saltos altíssimos, basta comprar pares mais abertos no peito do pé. Quando usados com saias, shorts ou vestidos, os sapatos com abertura profunda alongam as pernas e as deixam mais finas.

16. SAPATOS BAIXOS DE BICO FINO

Invista em sapatilhas ou sapatos de salto baixo, com o bico pontudos - eles alongam a linha da perna e criam a ilusão de alguns centímetros a mais.

NA BELEZA


As baixinhas Miroslava Duma e Mary Kate Olsen valorizam a altura com o cabelo

17. CABELOS MÉDIOS OU CURTOS

Mulheres baixas de cabelo muito comprido parecem menores do que realmente são. Por isso, tente o corte do momento, o bob ou sua versão mais longa.

18. COQUES ALTOS
Uma maneira bem fácil de parecer mais alta é fazendo um coque no topo da cabeça - ou fazer volume no cabelo a partir do topo.
 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

Guia do verde no guarda-roupa: aprenda a escolher qual variação da cor valoriza sua pele e cabelos

Dos tropicais aos mais sóbrios, o verde vai continuar dando sua graça como uma das tendências para o inverno 2015. Mas as variações da cor, às vezes, causam dúvidas sobre qual funciona melhor de acordo com o tom de pele e cabelo.

Se você está entre as indecisas, esta lista é para você. Apesar de não existir uma regra fechada, o segredo é escolher um que valorize sua cor de pele - e de cabelo. Pense no contraste entre você e seu look, que pode te favorecer muito se usado do jeito certo.

Para isso, Gloria Kalil entrega o o guia definitivo do verde, com quatro variações da cor para escolher qual vai melhor no guarda-roupa.

1. ACESOS




Esta é a mais fácil e democrática. A variação alegre de verdes esmeralda, bandeira, turquesas e verde-água valoriza negras, branquinhas, ruivas, morenas, orientais e loiras... Vá sem medo.

2. MILITAR



As mulheres de pele mais morena, principalmente que puxam para o amarelo, ficam mais apagadas com esse tom - que vai muito bem para as mais rosadas.

3. ESCUROS



Por ser uma paleta mais fechada, tons entre musgos e petróleo funciona melhor para as de pele clara, independente da cor do cabelo.


4. NEON




Outra boa: as variações vibrantes e cítricas são opções para destacar peles e cabelos de todas.

Na escolha dos acessórios, dá para optar por pretos, nudes e metalizados, que dão um bom casamento com as variações de verde.
 

Enviar por E-mail

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail

»Notícias Anteriores