Como Usar

Curtos na moda festa: Gloria Kalil diz quando e como o vestido longo pode ser substituído

Quando surge um casamento ou aquela festa com dress code mais elaborado, logo vem a dúvida: será que posso ir de vestido curto? A escolha mais frequente (e que vem especificada em grande parte dos eventos) são os longos, que estão no topo da lista de formalidades. Mas nem sempre a peça é obrigatória e os curtos aparecem como opção para quem quer variar o visual.

+ GLORIA KALIL INDICA EM QUAIS OCASIÕES O PRETINHO BÁSICO É BEM-VINDO

"Os curtos são bem-vindos e caem bem em festas com menos rigor. A não ser que a especificação seja black-tie, eles estão liberados", diz Gloria Kalil. O comprimento determina a formalidade e quanto mais curto, menos o vestido entra em ocasiões de rigor mais exigente. Reunimos algumas opções de curtos e Gloria indica quando e como eles podem substituir os longos.

  

Como o curto já indica certa informalidade, é preciso compensar nos detalhes como brilhos e rendas. "Em geral são vestidos bastante trabalhados; metalizados, ou com bordados, ou brilhos. É muito difícil um que não tenha. Você pode ir de longo, ou um curto desse tipo que vai muito bem - desde que seja cabÍvel para a ocasião".

+ COMO USAR BRILHO E PEDRARIAS A SEU FAVOR PARA DESTACAR PARTES DO CORPO

A prova de que os curtos se dão melhor com eventos menos formais é que em eventos como o Oscar, por exemplo, eles não aparecem. "Às vezes a moda permite que um curto enfeitado entre em uma festa black-tie, mas no momento não. Eles são para uma festa importante, mas é um passo antes do gala - basta ver que nenhuma delas está no Oscar".

Mas afinal, em quais tipos de eventos os curtos estão liberados? "São vestido para casamentos, premiações, coqueteis, jantares - desde que não esteja especificado o black-tie. A turma do altar, as madrinhas, vão de longos por pedido da noiva, mas obrigado também não é".

Os de comprimento mídi também entram no time dos curtos que podem variar a modelagem padrão, longa. "Você não pode dizer que esta roupa é despojada, é uma roupa super sofisticada, por isso ela serve perfeitamente para festas. Mas é bom lembrar que fica um pouco mais informal pelo fato de estar usando pé e perna de fora, já não tem a última formalidade do vestido comprido".

  

Para as que gostam de ousar um pouco mais e subir o comprimento, lembre-se que eles ficam para festas mais jovens. "É para uma festa mais pop, não é para um casamento. No mais, vai do gosto de cada uma".

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail