Como Usar

Doudoune, pelerine e trench: Gloria Kalil ensina a usar as três principais peças do inverno, do frio pesado ao leve

Os sinais de inverno já estão mais que acentuados em algumas regiões do país. A estação mais fria do ano tem início no dia 21 de junho, mas o outono já trouxe o friozinho que nos que nos faz ir atrás de peças que aqueçam. Perguntamos a Gloria Kalil quais as principais peças desse inverno e como usá-las.

+ GLORIA KALIL INDICA COMO AQUECER O LOOK FESTA

"Temos três opções que servem para o frio pesado, o intermediário e o leve. Para o pesado, as jaquetas doudoune, o médio, as capas ou pelerine e para o leve, o já conhecido trench coat. São três agasalhos esportivos que estão na moda e vão muito bem", adianta.

1. DOUDOUNE

A jaqueta de náilon forrada de pluma de ganso ou de material sintético é a peça da vez para o frio mais castigado. Mesmo volumosa, ela ainda mantém seu charme. "A doudoune é para o frio máximo, pois esquenta muitíssimo e é uma delícia de usar por ser leve. Ela é espaçosa, mas não pesa. É a que mais esquenta: protege do vento e do frio, é espetacular".

+ CONSUMO: VEJA ONDE ENCONTRAR AS JAQUETAS DOUDOUNE

 

Apesar de ser mais usada com looks casuais, como jeans e leggings, a doudoune pode perfeitamente ser usada com roupas mais elaboradas, mesmo que só para proteger até a chegada ao local da festa. "Ela é uma coisa superesportiva, mas que pode perfeitamente ser usada à noite por cima de uma roupa. Por exemplo, se você está viajando e só levou este agasalho, você pode colocar ela por cima. É uma coisa que te acompanha de dia até a noite".

A variedade de modelos é mais um ponto positivo das doudounes, que podem ser encontradas em todos os lugares. "Tem de todos os preços: você encontra da loja de departamento à versão alta-costura por milhões de euros, então é garantia de não passar frio". E segredo para combinar? "Um como usar não tem  - porque ele vai por cima de qualquer coisa. É o famoso passa por tudo".

2. CAPAS OU PELERINE

Estas ficaram populares entre as famosas e contam com diferentes modelos que podem deixar os braços livres ou cobrir todo o tronco. "A pelerine é uma coisa que você joga por cima e que normalmente abriga bem. Ele vai bem com coisas leves, mas também com um suéter pesado. São indicadas para aquele frio intermediário".

E suas vantagens não param por ai. "A pelerini é a versão mais esportiva e barata dos mantôs porque não tem forro. Pode ser usado de dia ou de noite". Assim como o doudoune, a pegada esportiva da pelerine também não é regra e ela se mostra democrática. "Pode ser por cima de qualquer coisa também, porque ela substitui o mantô. A versão smoking pode perfeitamente ser usado com vestido de noite".

Algumas lembram os xales e são uma opção um pouco mais quentes. "Tem estes que são tipo cobertor. Se você não quer um mantô porque prende, é rígido, social e mais estruturado, jogue por cima uma capa ou pelerine que está valendo".

TRENCH COAT

Este é o clássico dos clássicos e em 2015, o trench ganhou ainda mais força em terras brasileiras. "Ele é o quebra-galho de meia estação: ele não é nem mantô, nem uma parca, ele é leve e ao mesmo tempo abriga. É a situação meia-estação perfeita e um look superesportivo. São ótimos para aqueles dias que não sabemos para onde a temperatura vai, se muito frio ou de leve".

Sua função inicial ganhou espaço maior e ele deixou de ser apenas um item para proteger dos dias chuvosos. "É uma coisa esportiva que eventualmente também vemos ser usada a noite. O original é impermeável, que é uma coisa para dias de chuva, e hoje temos versões que não são impermeáveis e funcionam como uma espécie de mantô".

Mais uma vez é possível usar o trench com todas as combinações, do esportivo ao casual, e modelos para frio mais forte podem ser encontrados. "Você pode escolher os forrados, existem versões de lã ou até mesmo de pele falsa de carneiro. Mas ele é meia-estação, não é uma coisa tão forte de inverno porque originalmente foi criado para chuva e depois passou a ser quase que uma peça de moda". Use e abuse!

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail