Fitness

Conheça o supilates, a refrescante técnica de pilates realizada sobre a prancha no mar ou piscina (haja equilíbrio!)

Para animar a prática de pilates no verão que tal ir para o mar, rio ou piscina e fazer os movimentos sobre a prancha de stand up paddle? A modalidade surgiu nos Estados Unidos em 2011 e era praticada exclusivamente no mar, agora ganha suas versões em águas mais calmas - represas, lagos e piscina. 

“Os princípios e fundamentos são os mesmos do pilates original, a diferença é que o supilates não tem uso de molas e equipamentos", explica a professora Eliane Coutinho, que quer difundir a versão indoor da prática. A maior vantagem: na piscina, o supilates não depende da maré ou do clima, podendo ser praticado durante todo o ano, na mesma frequência feita no chão.



COMO É, PARA QUEM SERVE
A diferença da modalidade no mar e indoor é a frequência que ele é feito, o grau e nível de dificuldade. Os exercícios desenvolvidos na piscina têm duração média de 40 minutos e são semelhantes ao da aula de pilates realizada no estúdio. Já no mar, a turbulência da água por conta das ondas e do balanço da maré aumenta o impacto do exercício - e faz diminuir o tempo sobre a prancha. 

NÃO SABE NADAR?
Pode praticar. A aula é feita com um instrutor, na parte rasa do mar e não tão profunda da piscina. Para dar mais segurança, o aluno também pode usar colete salva-vidas.

BENEFÍCIOS
No supilates, todos os músculos são trabalhados - já que os exercícios acontecem sobre uma superfície instável -, gerando maior treino de controle, equilíbrio e força. A modalidade promove fortalecimento de braços, pernas e coxas, além de trabalhar muito o core - que abrange os músculos abdominais. Ele também melhora a flexibilidade e causa menos sobrecarga articular.

 

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail