Fitness

Tênis de corrida não é tudo igual. Saiba como escolher o modelo ideal antes de botar o pé na pista

Nem só de design vive um tênis de corrida. Escolher o modelo apenas pelo lado estético pode ser uma grande furada para a prática do esporte - a versão errada pode ocasionar lesões sérias, assim como usar qualquer tênis do seu armário.

O educador físico José Eduardo Coghi Pompeu, da Bodytech Iguatemi, lista o que levar em conta na hora da compra.

+ ESCOLHA O SEU TÊNIS DE CORRIDA ENTRE OS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS



1. ANTES DE COMPRAR
A primeira coisa é analisar o cabedal - ou seja, toda a parte superior do calçado. "Analise se o cabedal do tênis é confortável e ao mesmo tempo deixa o pé firme, para que o corredor possa dar as passadas com segurança". A outra coisa fundamental para levar em consideração na hora da compra é o amortecimento.
 
2. AS PISADAS
O certo seria fazer o teste da pisada em uma máquina própria, para que não haja nenhuma dúvida. Quem não tem uma à disposição, pode usar um calçado já usado como exemplo. "Se ele estiver gasto na parte de fora do tênis, na lateral e no calcanhar, sempre do mesmo lado, a pessoa possui uma pisada supinada ou neutra. Se o tênis estiver gasto na parte interna da mesma forma, a pessoa possui uma pisada pronada", explica o instrutor. Tendo esses termos na cabeça, é informação útil na hora de procurar o tênis certo.

3. EVITE UM TÊNIS DURO
O modelo para corridas não pode ter o amortecimento duro, tem que ser macio quando você pisa. Por isso, procure modelos com amortecimento que ajude o corredor a evitar lesões, como tendinite, dores nos pés e canelite (dor na tíbia) - além de melhorar o desempenho da corrida.



4. CUIDADO COM AS MOLAS
Modelos de tênis com molas já foram vendidos como ideais para corridas, mas a versão é a menos indicada. “As molas são em geral duras, o que dá amortecimento pior para quem corre.”

5. MEIA TAMBÉM!

Elas são essenciais para a boa prática da corrida. No mercado existem as meias de compressão, mais ajustadas nas partes de mais contato dos pés, como calcanhar durante o primeiro toque no chão, meio do pé na transferência da passada e na parte frontal para apoio final da passada. “As meias de corrida são mais justas nas partes dos pés mais utilizadas e tem material próprio para não esquentar o pé enquanto você corre.”

6. AMACIE

Mesmo que o calçado pareça confortável na loja, use-o antes de sair para a corrida. Vale dar uma volta para sentir se nenhuma parte do tênis machuca os pés, antes de sair correndo.

(TEXTO: BIANCA LUISI)