Moda

Lino Villaventura . inverno 2011

.Como foi o verão 2011: o estilista começou com o branco e preto e molas nas meias e nas saias das meninas, dando um efeito de lanterna a cada virada. Depois, as cores invadiram a passarela e se multiplicam em todos os tons dos vestidos, das meias recortadas, das blusas e tops.
 
. O inverno 2011: Espetacular é a melhor definição para o trabalho de Lino Villaventura. Goste-se ou não de uma ou outra coleção – não importa - elas são sempre espetaculares.  O trabalho artesanal das bordadeiras, das costureiras, das modelistas é sempre um motivo de deslumbramento, assim como o obsessivo tratamento que Lino dá aos tecidos para deixá-los franzidos, entiotados, nervurados, torcidos, armados ou plissados.

A coleção que vimos hoje foi feita com a intenção de homenagear Paulo Borges e os 15 anos de SPFW. Paulo deve ter ficado emocionado porque Lino desenhou para ele uma de suas melhores coleções. Sem deixar a exuberância de lado, Lino colocou na passarela vestidos ajustados, extremamente sensuais, mas muito contemporâneos.

A primeira entrada, um grande mantô/casulo preto e branco fazia prever uma coleção dramática embora tivesse sido seguido de dois vestidinhos brancos e singelos. O drama, no entanto, não tardou e foi se exibindo sem pudor nos vestidos curtos de coquetel em jérsei retorcido e plissado, nos muitos modelos em efeitos de couro, nos veludos pespontados até chegar ao auge do luxo barroco com os longos feitos em veludo estampado, rebordado sempre acompanhados de um manto em tafetá multicolorido. Ufa!

"Extravagância ou loucura?”, pergunta Lino no seu release. Os dois, eu diria. Ainda bem!


Pontos de venda no Brasil: 6
Lojas Próprias: 2
Franquias: não tem
Multimarcas: 4
No exterior: não exporta
Site: www.linovillaventura.com.br
Fonte: assessoria de imprensa da marca

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail