Moda

O verão vai ter chamois por todos os lados; aprenda a maneira correta de guardar e cuidar de uma peça no material

No ritmo dos anos 1970 que tomou a moda do verão 2016, as araras das lojas estarão cheias de peças de chamois - seja o verdadeiro, seja imitação. Este couro de cabra (ou ovelha) com acabamento acamurçado é leve, macio e a cara dos dias mais quentes.

Para identificar os tipos e saber mais sobre o chamois, a estilista expert em couro, Patrícia Vieira, dá os passos.

1. TIPOS EXISTENTES

Existem dois tipos de chamois: o de cabra e o de ovelha. Patricia explica: "o de cabra é mais fino e mais maleável, porque a cabra tem mais gordura. Já o de ovelha dá pra usar tanto para um resultado mais fluido, quanto para um mais estruturado, porque o couro da ovelha é mais seco.”

2. MANUTENÇÃO DA PEÇA
A roupa de couro não precisa ser lavada a cada vez que você usa. “O ideal, após o uso, é colocar a peça no cabide para respirar por umas 12 horas pendurada em local arejado e sem luz continua", esclarece a estilista.

3. COMO GUARDAR

“O couro é uma pele natural, e toda pele precisa respirar. Ele não pode ficar abafado e nem em local úmido, pois o couro é inimigo da umidade. Ele também não pode ficar em local de luz contínua, que queima a peça. Por isso, se no closet a roupa fica muito tempo exposta à luz, é importante sempre mudar a peça de lugar e posição.”

4. DÁ PARA LIMPAR A PEÇA EM CASA
Em geral os produtos à venda no mercado, chamados de limpadores de couro, servem mais para couro bruto, sofás e móveis. “O couro utilizado nas roupas é muito fino e esses produtos podem danificá-lo”, explica Patrícia. “Temos que partir do princípio que o couro é pele. Quando estamos com um problema na nossa pele, nós vamos ao dermatologista, certo? No caso do couro é a mesma coisa, quando acontece algum dano com a peça é importante procurar uma lavanderia especializada.”

5. COMO DISTINGUIR A MALHA DO CHAMOIS

As fast fashion vão vender muitas malhas acamurçadas, que imitam o chamois verdadeiro. Para reconhecer entre um e outro vale prestar atenção no preço oferecido, já que o chamois original é bem mais caro. Depois o toque - a malha costuma ser mais mole, sem acabamento na parte de trás.

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas