Moda

Relembre alguns momentos da carreira de Alexander McQueen

Alexander McQueen, um dos mais importantes estilistas desta geração, foi encontrado morto na manhã de hoje (11.02), em Londres, aos 40 anos de idade.

Lee, como era chamado pelos amigos, começou a carreira na Gieves & Hawkes, alfaiataria tradicional londrina. Nessa época, ele teria supostamente bordado um terno feito para o príncipe Charles com a frase “I am a ****!”.

A rebeldia sempre foi uma marca do trabalho de McQueen. Em 1995, ele apresentou sua coleção de inverno em Londres, chamada Highland Rape (em tradução livre: estupro da serra), representando o "estupro" da Escócia pelos britânicos.

McQueen estudava na Saint Martins quando a stylist Isabella Blow descobriu seu trabalho e alavancou a carreira do designer (em 1994). A morte de Isabella, em 2007, devastou McQueen, que dedicou sua coleção de verão 08 à amiga.

Em 1996, então com 27 anos, Alexander assumiu a criação da Givenchy, substituindo John Galliano. Em 2001, vendeu 51% da sua marca própria para o grupo Gucci, incomodando os executivos da Givenchy, que pertence ao conglomerado concorrente, o LVMH.

Alexander McQueen recebeu o prêmio de designer britânico do ano quatro vezes, em 1996, 1997, 2001 e 2003.


 

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail