Moda

Sidney Toledano, CEO da Dior, faz discurso antes do desfile que marca o fim da passagem de Galliano; leia a íntegra

Antes do início do desfile do inverno que mostraria a última coleção do recém-demitido John Galliano, o CEO da Dior Sidney Toledano veio à passarela para ler comunicado em defesa dos valores da marca. É a primeira manifestação oficial da marca sobre sua atual posição, pós-escândalo com as declarações do seu ex-estilista.

No discurso, Toledano deixa claro que a marca pode sobreviver sem qualquer estilista e que o trabalho verdadeiro é feito pelo ateliê da Dior. As costureiras e trabalhadores da marca entraram ao final do desfile para receber os aplausos no lugar de Galliano.

Leia o discurso na íntegra:

Senhoras e senhores,

Desde a fundação pelo Monsieur Dior, a Casa de Christian Dior tem vivido uma maravilhosa e extraordinária história e teve a honra de personificar a imagem e os valores da França ao redor do mundo.

O que aconteceu durante a última semana tem sido uma provação terrível e dolorosa para todos nós

Tem sido profundamente doloroso ver o nome Dior associado às vergonhosas declarações atribuídas ao seu estilista, por mais brilhante que ele seja.

Tais declarações são intoleráveis pela nossa obrigação coletiva de jamais esquecer o Holocausto e suas vítimas, e pelo respeito pela dignidade humana que é devido a cada pessoa e a todos os povos.

Tais declarações chocaram e entristeceram a todos na Dior, que dão corpo e alma ao seu trabalho, e é particularmente doloroso que elas tenham vindo de alguém que é tão admirado pelo seu notável talento.
Então agora, mais do que nunca, devemos nos recomprometer publicamente aos valores da Casa de Dior.
Christian Dior fundou sua Casa em 1947.

Sua família tinha sido arruinada no Crash [da bolsa de valores] de 1929 e sua amada irmã fora deportada para Bunchenwald. No anos negros do pós-guerra, ele procurou libertar as mulheres, para dar de volta a elas o brilho e a alegria.

Os valores de Christian Dior eram os de excelência em tudo o que se comprometeu, de elegância e habilidade refletindo seu talento único. Sua missão era não só fazer suas clientes - na verdade, todas as mulheres - mais bonitas, mas também fazê-las felizes, ajudá-las a sonhar. Ele se via como um mágico que podia dar confiança às mulheres e fazê-las ainda mais femininas e mais sublimes. Ele acreditava na importância do respeito e na capacidade desse valor fundamental, não apenas para realçar a beleza nas mulheres, mas também trazer o melhor de todas as pessoas.

Seus valores, sua genialidade e seu legado têm contribuído para realçar a imagem e a cultura da França ao redor do mundo por mais de sessenta anos.

Os valores que Monsieur Dior nos ensinou permanecem inalterados. Esses valores são levados adiante pelo grupo maravilhoso e diversificado de pessoas dentro da casa Dior, que dedicam todo seu talento e energia para alcançar o melhor  em artesanato e feminilidade, respeitando as habilidades tradicionais e incorporando técnicas modernas.

O coração da casa Dior, que bate invisível, é feito pelas suas equipes e estúdios, pelas costureiras e artesãos, que trabalham duro dia após dia, sem contar as horas, carregando o valor e a visão de Monsieur Dior.

O que você verá agora é o resultado dos esforços extraordinários, criativos e maravilhosos desses fiéis trabalhadores.

Muito obrigado.

Veja as fotos do desfile.

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail