Moda

Tufi Duek . verão 2013

. Como foi o inverno 2012: Coleção sexy e urbana, de silhueta muito justa e alongada, com atenção especial à estrutura dos vestidos e mantôs, poucas cores e muitos metalizados.

. O verão 2013: Na Tufi Duek, o estilista Eduardo Pombal segue com o difícil equilíbrio entre global e regional, chic e esportivo, techno e artesanal. Foi um desfile técnico, talvez um pouco formal, mas que mostra uma evolução no apurado trabalho de inserir manufaturas brasileiras no repertório minimalista da marca. Se na última estação foram as tramas indígenas, a eleita deste verão foi a renda tipo laise, renovada pelo bordado com lantejoulas.

A laise, em calças de comprimento curto, foi usada com esportivos coletes e jaquetas de organza com puxadores, em branco e verde-limão bem clarinho, e conduziu boa parte do desfile. Decorados com franjas de fios de plástico, mostrando um olhar tão açucarado quanto futurista, foram os melhores momentos do desfile. Este contraste se repete depois em uma calça de tecido amassado usado com um top de couro bem armado. Os vestidos eram curtos e levinhos, de camadas de cetim de seda com a barra desfiada, que puxados formavam flores.

Ficou mais urbano e instigante quando entraram as cores, como o rosa com um verde militar de calças e top de um chevron encerado. Ou ainda no bloco do preto com rosa, com incríveis calças de motocross. Eduardo Pombal está para Tufi Duek assim como Francisco Costa está para Calvin Klein. Se não fez um golaço, venceu por pontos.

Pontos de venda no Brasil: 17
Lojas próprias: 2
Franquias: 15
Multimarcas: Não
E-commerce: Não
Site: www.tufiduek.com.br
Fonte: Assessoria de imprensa da marca
Última atualização: janeiro/2012

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Enviar por E-mail