Red Carpet

O peplum é um bom recurso para disfarçar o quadril; Gloria Kalil comenta como usar o volume das peças a seu favor

Com o vai e volta de tendências, uma moda que entrou (e ficou) nos tapetes vermelhos foi o peplum. A modelagem traz volume na cintura e quadril e caiu no gosto das famosas - que descobriram as vantagens de disfarçar volumes na região.

"O peplum é uma coisa que funciona, que dá uma alongada no corpo. É um recurso muito bom que, ao contrário do que as pessoas imaginam, não aumenta o quadril, ele disfarça completamente", analisa Gloria Kalil. Mas atenção: "em compensação, ele requer cintura. Se a pessoa tiver estômago grande, seios grandes e não tiver algo que marque, pode dar um mau resultado". 

Veja algumas das famosas que investiram no peplum no red carpet em 2014:

Jennifer Garner, Eva Longoria e Anggelina Jolie apostaram nos modelos mais longos, com o pelum mais volumoso. Repare que cada uma possui um tipo físico diferente: Jennifer segue as medidas mais usuais, Eva é baixinha e de quadril largo e Angelina é supermagra. Nos três casos, a modelagem prova que sua função principal é esconder qualquer volume que possa existir no quadril.

Jennifer Aniston, Taylor Swift e Kerry Washington com suas versões. O comprimento varia entre o mais curto ou com bastante tecido formando dobras drapeadas. A faixa etária também é democrática e o peplum atende das mais jovens às mais maduras.

  

Na moda festa ele também aparece dando um detalhe a mais, divertindo os vestidos, como mostram Lupita Nyong'o, Shailene Woodley e Natasha Poly.

Jane Fonda é a prova de que para se usar o peplum, não tem idade. A atriz de 76 é uma das que sempre aparece usando a modelagem, variando entre as assimétricas e as mais compridas.
 

Enviar por E-mail

Notícias Relacionadas